Brasília Cai exigência de aferir temperatura em comércio, igrejas e shows no DF

Cai exigência de aferir temperatura em comércio, igrejas e shows no DF

Vice-governador, Paco Britto assinou decreto que amplia a flexibilização de medidas de contenção da transmissão da Covid-19

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

DF não exige mais medição de temperatura em comércios, igrejas e outros estabelecimentos

DF não exige mais medição de temperatura em comércios, igrejas e outros estabelecimentos

Reprodução / Agência Brasil

Em um de seus últimos atos como governador em exercício, o vice, Paco Britto, assinou decreto que flexibiliza as regras de contenção da transmissão da Covid-19 no Distrito Federal. A alteração no decreto nº 42.525, de 21 de setembro de 2021, trata das medidas de enfrentamento à pandemia.

As mudanças foram publicadas no Diário Oficial do DF desta segunda-feira (8). Pela nova norma, diversos estabelecimentos estão dispensados de aferir a temperatura de frequentadores e funcionários. Com isso, mesmo que o trabalhador ou consumidor esteja com temperatura corporal acima dos 37,8ºC, poderá circular no ambiente, sem ter a entrada barrada.

A alteração vale para estabelecimentos comerciais, templos religiosos, eventos de competição esportiva, cívicos, corporativos e gastronômicos, shows, feiras e exposições culturais. A mudança vem na esteira de uma série de flexibilizações que entraram em vigor desde a semana passada.

Flexibilização

Em 3 de novembro, as máscaras deixaram de ser obrigatórias em ambientes abertos, e as aulas presenciais em escolas públicas foram retomadas com 100% da capacidade das turmas. Os estabelecimentos comerciais já podem funcionar no horário permitido em alvará, sem restrição por causa da pandemia.

Uso de máscara em locais abertos do DF também deixou de ser exigido

Uso de máscara em locais abertos do DF também deixou de ser exigido

Marcelo Camargo/Agência Brasil - 03.11.2021

De acordo com o mais recente boletim epidemiológico, publicado pela Secretaria de Saúde na última sexta-feira (5), a taxa de transmissão do novo coronavírus no DF está em 0,76. O índice mostra que a pandemia está desacelerando na cidade.

A ocupação de leitos de UTI com pacientes mais graves internados com Covid-19 está em 71,21% na manhã desta segunda, ou seja, há 47 pessoas. Ao todo, pelo menos 1.842 casos ativos da doença estão sendo monitorados.

Últimas