Brasília Câmara confirma escolha do Senado e aprova Anastasia ao TCU

Câmara confirma escolha do Senado e aprova Anastasia ao TCU

Senadores aprovaram indicação do senador ao tribunal na última terça-feira (14), e deputados ratificaram decisão

  • Brasília | Sarah Teófilo, do R7, em Brasília

Senador Antonio Anastasia

Senador Antonio Anastasia

Roque de Sá/Agência Senado - 22.09.2021

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (15) a indicação do senador Antonio Anastasia (PSD-MG) para o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), e referendou a decisão do Senado. Na última terça-feira (14), os senadores aprovaram a indicação de Anastasia por 52 votos, o que significou a derrota da senadora Kátia Abreu (PP-TO), que teve 19 votos, e do então líder do governo na Casa, Fernando Bezerra (MDB-PE).

Após a derrota, Bezerra entregou o cargo de líder, por não ter tido apoio do governo na disputa. Internamente, governistas no Senado dizem que no decorrer da disputa o Palácio do Planalto já tinha informado que não apoiaria ninguém e se manteria neutro. Anteriormente, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), filho do presidente, chegou a pedir voto para Bezerra.

A vaga, que é do Senado, foi aberta com a nomeação de Raimundo Carreiro para embaixador do Brasil em Portugal. A disputa foi a mais acirrada dos últimos anos. Desde 2008, quando houve votação, as indicações do Senado ao tribunal têm sido decididas por acordo, mas, desta vez, os senadores disputaram o cargo vitalício no voto.

A votação expressiva de Anastasia surpreendeu os senadores e mostrou a capacidade de articulação e de controle do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

A senadora Kátia Abreu agregou apoio tanto na oposição ao governo de Jair Bolsonaro, tendo como aliado o líder da maioria no Senado, Renan Calheiros (MDB-AL), quanto na base de sustentação do governo no Congresso, angariando a chancela do ministro da Casa Civil e senador licenciado Ciro Nogueira (PP-PI), que é presidente do partido ao qual Kátia Abreu pertence.

Últimas