Cidade Alerta DF Golpista é preso ao vender cerâmica no lugar de celular

Golpista é preso ao vender cerâmica no lugar de celular

O suspeito confessou e disse que aplicava o golpe há um tempo

Um homem foi preso na Rodoviária Interestadual de Brasília suspeito de aplicar golpes vendendo pedaço de cerâmica no lugar de celular. O suspeito mostrava celular verdadeiro, mas na sacola estava um pedaço de cerâmica, do mesmo tamanho do celular. Ao ser preso pela Polícia Militar, o suspeito confessou e disse que aplicava o golpe há um tempo, vendendo os supostos aparelhos por R$ 400. No momento da prisão, cinco celulares verdadeiros foram apreendidos. O golpista já tem dez passagens pela polícia, sendo quatro vezes por estelionato.

VEJA MAIS

Saúde não rebaixará pandemia, mas estuda fim de estado emergencial

Vídeo: Luciano Hang diz que não vai disputar nenhum cargo nas eleições

CVM vai investigar mudança na presidência da Petrobras

Últimas