Cidade Alerta DF Sétimo corpo encontrado pode mudar linha de investigação do caso da família desaparecida no DF 

Sétimo corpo encontrado pode mudar linha de investigação do caso da família desaparecida no DF 

Delegado explicou que com a localização, se for de um dos quatro desaparecidos, uma das linhas de investigação vai prevalecer 

O sétimo corpo achado pelos bombeiros muda a linha de investigação do caso da família da cabeleireira Elizamar da Silva. Segundo o delegado responsável pela investigação, Ricardo Viana, a polícia achou o corpo dentro do cativeiro e primeiramente precisa ser identificado para continuar as investigações. “O instituto do DNA já tá ciente e vai dar prioridade para a gente [ na identificação do corpo]”. O delegado disse que não vai desprezar as linhas de investigações anteriores. Ele explicou que com a localização do último corpo, se for de um dos quatro desaparecidos, uma das linhas vai prevalecer. A família está desaparecida desde sexta-feira (13).

Últimas