Brasília Com medida protetiva, mulher é vítima de agressão em Sobradinho

Com medida protetiva, mulher é vítima de agressão em Sobradinho

Crime aconteceu neste domingo (19), no Grande Colorado. Agressor já soma cinco autuações pela Lei Maria da Penha

  • Brasília | Thais Rodrigues, do R7, em Brasília

Região do Grande Colorado, onde aconteceu o crime, na manhã deste domingo (19)

Região do Grande Colorado, onde aconteceu o crime, na manhã deste domingo (19)

Codhab/Divulgação

Um homem de 40 anos foi preso pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), na manhã deste domingo (19), acusado de agressão à esposa, de 26 anos. O crime aconteceu por volta das 9h, no Grande Colorado, bairro de Sobradinho. A vítima precisou pedir socorro aos vizinhos após ser vítima da violência. O homem, que já tem passagem pela polícia, pode pegar até dois anos de detenção.

De acordo com o delegado Hudson Silva, delegado da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho), onde foi registrada a ocorrência, a vítima estava sob amparo das medidas protetivas, mas havia reatado o relacionamento com o agressor. "Ela pediu a suspensão das ordens judiciais, mas elas ainda estavam em vigor", afirmou.

O homem já tinha sido enquadrado pela Lei Maria da Penha outras cinco vezes. Ele também tem uma autuação por embriaguez ao volante. A audiência de custódia, que obriga o preso em flagrante a ser apresentado em até 24 horas à autoridade judicial, está marcada para esta segunda-feira (20).

Violência contra a mulher

Um levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM) mostra que, em 20,3% dos municípios brasileiros, foi registrado aumento nas agressões físicas e verbais contra as mulheres durante a pandemia. A pesquisa ouviu 2.383 prefeitos entre 9 e 12 de agosto.

Diariamente, 43 mulheres são vítimas de violência doméstica no DF. Entre janeiro e março deste ano, 3.953 pessoas do sexo feminino foram agredidas psicologicamente, fisicamente ou sexualmente, segundo a Secretaria de Segurança Pública.

Últimas