CPI da Covid

Brasília CPI foca nesta quinta em negócios da Precisa e Davati

CPI foca nesta quinta em negócios da Precisa e Davati

Senadores ouvem José Santana, figura próxima a Maximiano, sócio da Precisa, e que participou de suposto "chope da propina"

  • Brasília | Luiz Calcagno e Sarah Teófilo, do R7, em Brasília

Edilson Rodrigues/Agência Senado - 25.08.2021

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 ouve, nesta quinta-feira (25/8), José Ricardo Santana. O foco serão as informações relacionadas à Precisa Medicamentos e à Davati Medical Supply. Santana é apontado como figura próxima de Francisco Maximiano, sócio da Precisa, que firmou contrato de R$ 1,6 bilhão com o Ministério da Saúde para venda de 20 milhões de doses da vacina indiana Covaxin. Além disso, ele esteve em restaurante onde Roberto Ferreira Dias teria pedido proprina de US$ 1 por dose de vacina ao cabo da Polícia Militar de Minas Gerais Luiz Paulo Dominghetti, vendedor autônomo de vacina da empresa americana Davati Medical Supply.

O jantar ocorreu em 25 de fevereiro, mesma data de assinatura do contrato do governo com a Precisa. No requerimento de convocação de Santana, o relator Renan Calheiros (MDB-AL) afirma que Santana é “ligação direta com Francisco Emerson Maximiano, suas empresas e sócios, mas também com Roberto Ferreira Dias”. “Outrossim, há comprovação de que, juntamente com Maximiano e outros investigados, inclusive no mesmo voo, foi à Índia tratar com a fabricante da empresa Covaxin”, escreveu.

O próprio Dominguetti denunciou, posteriormente, o pedido de propina para negociar a venda das vacinas. Por isso, espera-se que a oitiva de José Ricardo também traga detalhes sobre a outra parte da investigação.

A Precisa entrou na mira da CPI após o depoimento do funcionário público do MInistério da Saúde Luis Ricardo Miranda, e do irmão dele, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), que relataram uma pressão incomum na pasta para fechar o acordo com a Precisa como atravessadora da indiana Bharat Biotech, fabricante da Covaxin.

Últimas