Estados Unidos

Brasília Decreto autoriza presença de forças militares dos EUA no Brasil

Decreto autoriza presença de forças militares dos EUA no Brasil

Documento assinado por Bolsonaro permite a realização de treinamento em cidades de SP e RJ entre 28/11 e 18/12

  • Brasília | Lucas Nanini, do R7, e Flávio Moraes, da Record TV

Decreto de Bolsonaro permite a presença do Exército dos EUA no Brasil

Decreto de Bolsonaro permite a presença do Exército dos EUA no Brasil

FADEL SENNA / AFP

O presidente da República, Jair Bolsonaro, editou um decreto em que autoriza a presença temporária de forças militares dos Estados Unidos em território brasileiro para treinamentos militares. As tropas deverão fazer exercícios de adestramento na região do Vale do Paraíba, entre os municípios de Resende, no Rio de Janeiro, e Lorena, em São Paulo, no período de 28 de novembro a 18 de dezembro deste ano.

Atividades realizadas em conjunto pelos exércitos dos dois países foram objeto de acordo na 36ª Conferência Bilateral de Estado-Maior Brasil-EUA, ocorrida em outubro de 2020. A programação prevê ações conjuntas em todos os anos até 2028.

A primeira operação entre as forças armadas do Brasil e Estados Unidos aconteceu entre janeiro e março deste ano. As ações ocorreram em Fort Polk, no estado de Luisiana, nos EUA.

Os exercícios entre as forças armadas em solo brasileiro são organizados e executados pelo Ministério da Defesa, por intermédio do Comando do Exército.

Segundo a Secretaria-Geral da Presidência da República, iniciativas como essa fazem também parte de um acordo bilateral entre os dois países para "cooperação em matéria de defesa" firmado em Washington, em 12 de abril de 2010, e promulgado em 18 de dezembro de 2015.

Últimas