Gripe

Brasília DF tem 50 mil doses de vacinas contra influenza; veja postos

DF tem 50 mil doses de vacinas contra influenza; veja postos

Toda a população acima de seis meses está apta a receber o imunizante. O DF confirmou caso do vírus H3N2

  • Brasília | Marcela Cunha*, do R7, em Brasília

Vacina contra o vírus da influenza

Vacina contra o vírus da influenza

Breno Esaki/Agência Saúde-DF

Com o aumento dos casos de influenza H3N2 por todo o Brasil, o Governo do Distrito Federal recomenda que a população se vacine contra o vírus para evitar casos graves da doença. A capital tem, até o momento, um paciente com a cepa do vírus, importado do estado de São Paulo.

Cerca de 70 postos de vacinação estão aplicando o imunizante contra a gripe. Os locais funcionam das 8 às 17h, com exceção de alguns, que funcionam até 22h. A vacina contra a Covid-19 e a da gripe podem ser tomadas no mesmo dia, não havendo necessidade de espera entre as duas.

Confira os locais de vacinação contra a influenza neste link. A lista é atualizada diariamente no site da Secretaria de Saúde. 

O imunizante não deve ser aplicado em crianças com menos de seis meses e em pessoas com história de alergia grave a algum componente da vacina ou que tiveram reações alérgicas à dose anterior. Cerca de 50 mil doses contra a gripe estão disponíveis.

Em 2021, foi registrado um aumento de 20% no número de casos de gripe no Distrito Federal. Segundo a Secretaria de Saúde, foram registradas 22.826 ocorrências da doença até novembro deste ano.

Influenza H3N2

Assim como o H1N1, o H3N2 é um subtipo de influenzavírus A. O vírus A está associado a epidemias e pandemias, tem comportamento sazonal e apresenta aumento no número de casos entre as estações climáticas mais frias. A vacina disponibilizada na rede pública garante proteção contra os vírus influenza A dos tipos H1N1 e H3N2, e influenza B.

O vírus não é novo, mas começou a circular com mais intensidade no hemisfério norte nos últimos meses. Com isso, a OMS (Organização Mundial da Saúde) decidiu o incluir nas recomendações para atualizações das vacinas contra influenza para 2022 no hemisfério sul.

*Estagiária sob supervisão de Fausto Carneiro.

Últimas