Brasília DF terá busca ativa de pessoas não vacinadas na comunidade rural

DF terá busca ativa de pessoas não vacinadas na comunidade rural

Intenção é imunizar contra a Covid-19 moradores do DF que vivem em regiões sem acesso à vacina

  • Brasília | Alan Rios, do R7, em Brasília

Vacinação contra Covid-19 em comunidade da zona rural de Parintins, no interior do Amazonas

Vacinação contra Covid-19 em comunidade da zona rural de Parintins, no interior do Amazonas

AGUILAR ABECASSIS/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O subsecretário de Vigilância à Saúde do Distrito Federal, Divino Valero, afirmou que a capital terá um trabalho de busca ativa de pessoas não vacinadas na comunidade rural. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (30), durante coletiva da Secretaria de Saúde, mas ainda não há data definida para o começo dos trabalhos.

“Vamos ao ‘extramuro’, à busca ativa na comunidade rural, até o fim do ano. Temos uma população na área rural muito grande. Parte dela, acreditamos que, por um motivo ou outro, não teve acesso a vacina”, ressaltou.

Valero explicou que a pasta terá equipes volantes e motorizadas para realizar a ação e ampliar a proteção dos moradores da capital. “Vamos sair fazendo visita domiciliar na área rural para garantir a cobertura nessas regiões onde não se tem um posto de saúde, por exemplo”, disse.

O subsecretário enfatizou que o andamento da vacinação contra a Covid-19 no DF é um dos três melhores do país, mas que os casos da variante Delta preocupam. Segundo ele, são 181 casos e oito óbitos dessa variante que é mais transmissível e pode ser mais letal, como trazem estudos recentes.

“Por isso, é muito importante mantermos o uso de máscaras, distanciamento, higienização das mãos. A epidemia não terminou e precisamos nos concentrar nessas medidas de contenção até que consigamos vacinar boa parte da população com a segunda dose”.

Últimas