Brasília Em dia de viagem ao Oriente Médio, Bolsonaro condecora líderes locais

Em dia de viagem ao Oriente Médio, Bolsonaro condecora líderes locais

Rei do Bahrein e autoridades dos Emirados Árabes receberam a comenda Grande-Colar da Ordem do Cruzeiro do Sul

  • Brasília | Lucas Nanini, do R7, em Brasília

Bolsonaro com o embaixador do Bahrein no Brasil; rei do país asiático foi condecorado

Bolsonaro com o embaixador do Bahrein no Brasil; rei do país asiático foi condecorado

Secom Planalto

No mesmo dia em que embarca para o Oriente Médio, o presidente Jair Bolsonaro condecorou autoridades do Bahrein e dos Emirados Árabes Unidos (EAU) com o Grande-Colar da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul. Receberão a condecoração o rei do Bahrein, Hamad Bin Isa Al-Khalifa, o presidente dos EAU, xeque Khalifa Bin Zayed Al Nahyan, o emir de Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum, e o príncipe herdeiro de Abu Dhabi, Mohammed bin Zayed Al Nahyan.

A concessão dos títulos foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (12). A comenda foi criada em 1939 e é oferecida exclusivamente a chefes de Estado que, “por qualquer circunstância, tenham merecido especial gratidão do governo brasileiro”.

Viagem ao Oriente Médio

Bolsonaro viaja nesta sexta-feira (12) para o Oriente Médio. Ele partirá às 10h para Lisboa, em Portugal, e de lá seguirá para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, onde se realiza a Expo Dubai 2020. Na próxima segunda (15), será comemorado o Brazilian Day no pavilhão do Brasil na feira. O vice-presidente Hamilton Mourão e ministros de Bolsonaro já estiveram na feira para a abertura, em setembro.

No dia 13, a programação de Bolsonaro inclui reunião seguida de almoço com o príncipe herdeiro dos Emirados Árabes, Mohammed bin Zayed Al Nahyan, e sessão de assinatura de atos internacionais ainda em negociação. O presidente participará da Expo Dubai e deve se encontrar com o xeque Al Maktoum, de Dubai, vice-presidente dos Emirados Árabes Unidos.

Na segunda-feira (15), Bolsonaro vai abrir o seminário da Apex Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e na terça-feira (16) viaja para a capital do Bahrein, Manara. De lá, o presidente vai para o Catar na quarta-feira (17). 

Presidente não vai ao Iraque

O presidente Bolsonaro não vai ao Iraque, como estava previsto anteriormente. De acordo com o Itamaraty, a decisão de não ir ao país se deu por questões de segurança. Entre os motivos apontados está uma tentativa de atentado contra o primeiro-ministro do país, Mustafa Al-Kadhimi.

Últimas