Brasília Em dois dias, Detran autua 420 motoristas por beber e dirigir no DF

Em dois dias, Detran autua 420 motoristas por beber e dirigir no DF

Mais de 13 mil motoristas alcoolizados foram flagrados em 2021; número já é mais da metade dos de 2020, que teve 21.829 infrações  

  • Brasília | Priscila Mendes, do R7, em Brasília

Fiscalização do Detran em Brasília para verificar casos de álcool ao volante

Fiscalização do Detran em Brasília para verificar casos de álcool ao volante

Detran-DF/Divulgação

Entre a noite de sexta-feira (27) e a madrugada de sábado (28), 420 motoristas foram autuados por dirigirem após o consumo de álcool. Somente em Ceilândia, foram 1.600 abordados em nove pontos da região. Em todo o DF, quatro motoristas tiveram que ser conduzidos à delegacia por apresentarem índice alcoólico considerado crime (0,31 mg de álcool por litro de ar expelido).

Os agentes do Detran-DF autuaram ainda 48 motoristas que estavam sem a carteira de habilitação; 13 que tinham a carteira vencida e 93 por infrações diversas. As equipes de fiscalização recolheram 43 veículos ao depósito.

O número de motoristas flagrados nas blitze com sinais de embriaguez não para de crescer no Distrito Federal. Mais de 13 mil condutores foram autuados de janeiro a julho deste ano. O número já representa mais da metade dos registros de 2020, quando foram 21.829 autuações, de acordo com o levantamento do Detran-DF.

De acordo com o Código de Trânsito, dirigir após o consumo de álcool é infração gravíssima, cuja multa é de R$ 2.934,70. No caso de reincidência, a infração é dobrada e sobe para R$ 5.869,40. Também é considerada infração gravíssima se recusar a soprar o bafômetro.

Autuados por alcoolemia

2019: 22.862 autuações
2020: 21.829 autuações
2021 (janeiro a julho): 13.747 autuações

Últimas