Brasília Governo do DF espera aumento de contratações para fim de ano

Governo do DF espera aumento de contratações para fim de ano

Setembro somou a menor taxa de desemprego do ano – 17,7%. Empresas se preparam para mais contratações ainda em 2021

  • Brasília | Karla Beatryz*, do R7, em Brasília

Índice de desemprego no Distrito Federal deve cair com festividades de 2021

Índice de desemprego no Distrito Federal deve cair com festividades de 2021

Reprodução/Agência Brasília

As taxas de desemprego no Distrito Federal têm apresentado queda significativa em 2021. Segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), apresentada pela companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), setembro foi o mês que contabilizou a menor taxa de desempregados do ano – 17,7%.

Segundo a assessoria de Comunicação da Secretaria do Trabalho, com a proximidade do fim de ano, o aumento de vendas e as datas comemorativas, as empresas se preparam para contratações. 

As regiões administrativas também apresentaram queda nas taxas. Pessoas de baixa renda (Grupo 4) somaram 21,5% de desempregados – queda de 1,1 ponto percentual. O grupo de média-baixa renda (Grupo 3), somam 21,4%. Pessoas de média-alta renda (Grupo 2), tiveram baixa variação passando de 15,6% para 15,3%. Os dados são o comparativo de agosto de 2020 e setembro de 2021.

Gráfico com queda de desemprego nas regiões administrativas

Gráfico com queda de desemprego nas regiões administrativas

Reprodução/PED-DF

Segundo a Secretaria do Trabalho, a queda do desemprego nas regiões administrativas é resultado de investimentos ao longo do último ano.  O lançamento de 20 mil cursos de qualificação profissional está previsto pela secretaria, para suprir as vagas disponibilizadas com profissionais capacitados. O governo recomenda que o candidato conheça a empresa para qual vai se candidatar para se preparar para a entrevista.

As agências do trabalhador no Distrito Federal disponibilizam, em média, 300 vagas de emprego diariamente.

*Estagiária sob supervisão de Fausto Carneiro.

Últimas