Governo nomeia novo presidente da Fundação Biblioteca Nacional

Luiz Carlos Ramiro Júnior assume o cargo. Nomeação foi publicada nesta terça-feira (15) e é assinada por Ciro Nogueira (Casa Civil)

  • Brasília | Plínio Aguiar, do R7, em Brasília

audima
Prédio da Fundação Biblioteca Nacional, no centro do Rio de Janeiro
FBN/Divulgação

O governo federal nomeou o cientista político Luiz Carlos Ramiro Júnior como presidente da Fundação Biblioteca Nacional. A designição ao cargo foi publicada no DOU (Diário Oficial da União) desta terça-feira (15) e é assinada pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira.

A Biblioteca Nacional é considerada pela Unesco uma das dez maiores bibliotecas do mundo e a maior da América Latina. A instituição é responsável por cuidar do patrimônio bibliográfico e documental brasileiro.

Entre suas atribuições estão preservar, atualizar e divulgar uma coleção com cerca de 9 milhões de peças, que teve início com a chegada da Real Biblioteca de Portugal ao Brasil.

Luiz Carlos Ramiro Júnior
Reprodução Youtube

Ramiro Júnior defende o Rio de Janeiro como a segunda capital do país. O cientista, inclusive, chegou a escrever um livro, juntamente com outros dois autores, chamado de "Rio, 2º Distrito Federal: Diagnóstico da Crise Estadual e Defesa da Federalização".

Ir para versão mobile