Brasília Incêndio na Chapada dos Veadeiros consumiu quase 30 mil hectares

Incêndio na Chapada dos Veadeiros consumiu quase 30 mil hectares

Polícia Civil de Goiás concluiu três inquéritos e indiciou quatro pessoas. Duas delas tiveram intenção de queimar a mata

Quatro pessoas serão julgadas por causa dos incêndios

Quatro pessoas serão julgadas por causa dos incêndios

Valter Campanato/Agência Brasil - 25.10.2017

A Polícia Civil de Goiás concluiu três inquéritos sobre o incêndio ocorrido em setembro na Chapada dos Veadeiros e indiciou quatro pessoas envolvidas na queimada de cerca de 30 mil hectares da mata. O incêndio durou mais de dez dias e um fazendeiro foi apontado como responsável por quase metade dos danos florestais.

“Ele estava fazendo limpeza de pastagem e tinha autorização legal para isso, mas não tinha autorização para realizar o desmatamento e cortou árvores ilegalmente. A área total devastada girou em torno de 30 mil hectares e nós imputamos a ele cerca de 50% do dano total da Chapada dos Veadeiros”, detalhou o delegado José Antônio Sena.

Além do fazendeiro apontado como principal culpado, também foram indiciados um motociclista e uma dupla de trabalhadores. O motoqueiro foi flagrado por testemunhas ateando fogo na área verde. Já os outros dois vão responder por crime culposo, quando não há intenção.

“Eles estavam cortando materiais de construção, saíram fagulhas e elas chegaram ao cerrado, iniciando o incêndio”, esclareceu o delegado. A dupla irá a julgamento pela conduta imprudente no manuseio de materiais de construção na cidade de Alto Paraíso. Os três inquéritos serão encaminhados ao Poder Judiciário.

Últimas