Brasília Lira anuncia retorno presencial da Câmara para 18 de outubro

Lira anuncia retorno presencial da Câmara para 18 de outubro

Atividades estavam em modo remoto desde março de 2020; neste ano as sessões passaram a ser híbridas

  • Brasília | Sarah Teófilo, do R7, em Brasília

Plenário da Câmara dos Deputados

Plenário da Câmara dos Deputados

Najara Araújo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), anunciou nesta segunda-feira (20) o retorno das atividades presenciais em 18 de outubro. Segundo ele, a decisão foi tomada em reunião da Mesa e anunciada nesta segunda ao colégio dos líderes, para que partidos e lideranças possam fazer sugestões sobre o funcionamento da Casa. Lira afirmou que os deputados receberam bem o anúncio. "Todos querem a volta das comissões, das comissões mistas para medidas provisórias. Há uma versão de que a presença de plenário não era daquele parlamentar. Então, tudo isso vai sendo resolvido com segurança", explicou.

Segundo o presidente, a votação passará a ser presencial, com o funcionamento do registro de presença e votação por meio da biometria. Está sendo analisado, ainda, se haverá necessidade de requerimento obstrutivo continuar por sistema remoto. "Mas mérito, votação de destaques, de emendas, serão presenciais", afirmou Lira.

A Câmara, assim como o Senado, decidiu realizar sessões remotas no plenário a partir de março do ano passado devido à pandemia. Os trabalhos nas comissões foram interrompidos.

Neste ano, no entanto, houve uma tentativa, por parte de Lira e do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), de retomar aos poucos as atividades presenciais no Congresso. As eleições dos dois e dos demais integrantes das Mesas do Congresso, aliás, foi realizada de forma presencial.

Últimas