STF

Brasília Moraes autoriza saída de Daniel Silveira da cadeia para fazer exame

Moraes autoriza saída de Daniel Silveira da cadeia para fazer exame

Deputado federal apresenta dores no joelho e médico aponta a necessidade de avaliar a realização de cirurgia

  • Brasília | Renato Souza, do R7, em Brasília

Deputado Daniel Silveira (PSL-RJ)

Deputado Daniel Silveira (PSL-RJ)

Plínio Xavier/Câmara dos Deputados

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a saída temporária do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) da prisão para realizar um exame de ressonância magnética. De acordo com o despacho, ele pode se ausentar da cela exclusivamente para realizar o procedimento, e deve retornar em seguida.

O magistrado atendeu pedido da defesa do parlamentar. Os advogados alegam que ele apresenta sinais de problemas ósseos na região do joelho e em um ligamento e precisa passar por atendimento médico para avaliar a necessidade de cirurgia.

O deputado está preso no Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Ele já havia passado por avaliação médica no local, mas a administração da unidade informou não ter a possibilidade de realizar o exame no local.

De acordo com Moraes, a saída fica autorizada "tão somente para a realização do exame “ressonância magnética do joelho direito”, com retorno imediato ao cárcere após sua finalização. Silveira está preso sob a acusação de ameaçar os ministros do Supremo, em especial Moraes. A prisão é preventiva e não tem prazo para terminar.

Últimas