Brasília Mulher é detida ao xingar Bolsonaro na via Dutra

Mulher é detida ao xingar Bolsonaro na via Dutra

Ela foi levada para a delegacia e assinou um termo circunstanciado. Caso se deu quando o presidente acenava a apoiadores

  • Brasília | Renato Souza, do R7, em Brasília

Xingamentos se deram na via Dutra, no Rio de Janeiro

Xingamentos se deram na via Dutra, no Rio de Janeiro

Record TV

Uma motorista foi detida pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) após xingar o presidente Jair Bolsonaro na manhã deste sábado (27), no Rio de Janeiro. Ela passava pela comitiva do chefe do Executivo na via Dutra quando proferiu as ofensas. Como ela estava de carro, seguiu após lançar as críticas.

No entanto, a mulher de 40 anos foi perseguida por uma viatura da PRF e parada logo em seguida. Ela foi detida e levada para uma delegacia da Polícia Civil em Volta Redonda. No entanto, como se tratou de crime de menor potencial ofensivo, ela assinou um termo circunstanciado e foi liberada, mediante compromisso de comparecimento em juízo, no caso de ser convocada.

A ocorrência foi registrada como crime de injúria. Bolsonaro estava no Rio para a cerimônia de formação de cadetes da Aman (Academia Militar das Agulhas Negras) e resolveu acenar aos motoristas que passavam pela via antes de chegar ao evento.

Últimas