Brasília Número de usuários de bicicletas compartilhadas cresce 156% no DF

Número de usuários de bicicletas compartilhadas cresce 156% no DF

O sistema implementado no Distrito Federal atrai a cada dia mais usuários e ajuda a diminuir emissão de CO2

  • Brasília | Victória Olímpio, Do R7, em Brasília

Bicicletas compartilhadas

Bicicletas compartilhadas

Semob/Divulgação

Voltando a circular há três meses no Distrito Federal, o número de usuários que desfrutam das bicicletas compartilhadas cresce cada dia mais. Segundo dados da empresa responsável pelo sistema, houve crescimento de 156% nesse período.

Ao todo, a capital conta com 30 estações e 200 bicicletas, sendo que as estações com maiores retiradas e devoluções são localizadas no Parque da Cidade, 209 Norte e 406 Norte. Ferramenta criada pela empresa calcula que, somente em 2021, a emissão de mais de 6 mil toneladas de CO2 foram evitadas.

Tendo sido instalados de forma gradual, os locais das estações foram definidos por proximidade à infraestrutura cicloviária, possibilidades de maior demanda e integração com o transporte coletivo. Também foram levadas em conta questões urbanísticas da cidade, como áreas e construções tombadas.

Segundo Valter Casimiro, secretário de transporte e mobilidade do DF, o aumento aponta a boa aceitação do serviço na capital: “Os dados refletem a nossa expectativa, que é a tendência de crescimento na utilização das bicicletas. Estamos avançando na oferta de mais estações, para termos o sistema cada vez mais consolidado”.

Últimas