Libertadores

Brasília Pai questiona escola por formatura em dia de final de Libertadores

Pai questiona escola por formatura em dia de final de Libertadores

Flamenguista, pai diz que ‘todo ser humano no planeta sabe ou deveria saber que no dia 27 acontecerá a final da Libertadores’

  • Brasília | Alan Rios, do R7, em Brasília

Final da Copa Libertadores da América será realizada em 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai

Final da Copa Libertadores da América será realizada em 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai

Lance! Galerias

Um morador do Distrito Federal se revoltou com a escola do filho e chegou a publicar uma carta em que repudiava as ações do colégio, chamando-as de “disparate”. A indignação, porém, não foi motivada por questão pedagógica ou por algum descuido em relação à criança, mas, sim, pela marcação da formatura do filho no mesmo dia da final da Taça Libertadores da América.

Flamenguista, o pai publicou a carta no Twitter. A publicação alcançou mais de 10 mil interações, entre curtidas, respostas e compartilhamentos. “Todo ser humano no planeta sabe — ou deveria saber — que no dia 27 acontecerá a final da Taça Libertadores da América”, escreveu o homem, referindo-se ao jogo do time do coração contra o atual campeão da competição, o Palmeiras.

Entre críticas ao colégio — como chamar de covardia a obrigação de escolher entre a partida e a formatura — e reflexões filosóficas — como afirmar que o futebol é “não apenas um subterfúgio de emoções, mas fundamentalmente educação” —, o pai resolveu tornar público o seu descontentamento. Veja a íntegra da carta: 

Contra-ataque

A escola posicionou seu time de redatores para responder a ele, por meio de outra carta. Em defesa da marcação da data, o Colégio Liceu informou que o descontentamento do pai foi publicado nas redes sem que ele procurasse antes a instituição de ensino.

O texto também alfineta o flamenguista, ressaltando que a formatura ocorrerá de manhã e a partida ocorrerá às 17 horas. “A formatura será às 8h30, conforme comunicado enviado no último dia 25 e informações prestadas na reunião de pais realizada, à qual, infelizmente, o senhor não compareceu.”

O colégio ainda faz um apelo na carta de resposta, dizendo que “não é papel da escola concordar ou discordar dos motivos da insatisfação que gerou essa situação”, mas que a instituição discorda veementemente da forma como o assunto foi tratado.

“Temos visto, com mais frequência a cada ano que passa, crianças se tornando adultos emocionalmente frustrados por não saberem resolver os seus conflitos, partindo para o apelo ilusório intermediado pelas redes sociais para alcançar uma comoção midiática quando lhes falta preparo emocional para lidar diretamente com o problema e resolvê-lo. Muitas vezes recorrendo à utilização de falas difamatórias em substituição à razão que não lhes assiste.”

O autor das reclamações contra a escola faz parte de uma chapa que concorre ao conselho do clube na próxima eleição, o que fez com que muitos internautas desconfiassem do caráter de marketing do texto.

Últimas