Brasília Paulo Octávio afirma que vai criar 100 mil empregos no DF

Paulo Octávio afirma que vai criar 100 mil empregos no DF

Pré-candidato do PSD ao Governo do Distrito Federal quer atrair investimentos de empresas estrangeiras para a capital federal

  • Brasília | Hellen Leite, do R7, em Brasília

Paulo Octávio é entrevistado na Record TV

Paulo Octávio é entrevistado na Record TV

Carlos Eduardo Junior/R7 - 12.8.2022

Pré-candidato do PSD ao Governo do Distrito Federal, o empresário Paulo Octávio disse nesta sexta-feira (12) que vai criar 100 mil empregos no DF caso seja eleito para o comando do Executivo local. O ex-governador da capital federal fechou a série de sabatinas organizadas pela Record TV com concorrentes ao Palácio do Buriti.

"Quero sensibilizar os empresários, não é só o governador que resolve as questões, mas a participação de todos, com mobilização, é que vai resolver o problema do desemprego", afirmou. Segundo o pré-candidato, 10 mil dessas vagas de emprego seriam criadas no setor produtivo nos primeiros meses de 2023. 

"Quero levar a mensagem ao empresariado para que venha instalar suas empresas em Brasília", disse. Segundo ele, é preciso mudar a mentalidade de que o Distrito Federal se resume ao serviço público, ao Congresso e ao Palácio do Planalto.

O candiato destacou que a pandemia atingiu com maior violência as pessoas mais pobres, mas reiterou que o principal problema do aumento da vulnerabilidade social no DF ainda é o desemprego.

"Até porque vivemos uma crise de desemprego, com 257 mil pessoas no DF sem cidadania, que não têm a carteira de trabalho assinada, e mais 180 mil no Entorno. Então, se a gente não tornar Brasília uma capital econômica da região Centro-Oeste, teremos um desafio social muito difícil de controlar no futuro", disse.

Imposto único

O imposto único também foi defendido por Octávio. Segundo ele, a simplificação tributária pode ajudar a atrair empresas para o Distrito Federal. "Quando era deputado, tentei aprovar a proposta do imposto único. Acho que a confusão tributária no Brasil prejudica muito. Tenho certeza de que, se o Brasil adotar um imposto mais simples, o Brasil vai crescer muito", afirmou. "O Brasil é o melhor país do mundo para crescer e criar empresas, o que precisa é de incentivo", destacou.

Saúde, educação e meio ambiente

Para a área da saúde, Paulo Octávio disse que aposta em uma gestão continuada, com um secretário na pasta durante todo o mandato, e disse que vai apostar na criação de policlínicas para a atenção básica à saúde. "Também precisamos reformar os hospitais e construir os hospitais de São Sebastião e Recanto das Emas. São cidades que cresceram muito e com populações que precisam de mais saúde", disse. 

Ele também comentou que, caso eleito, vai iniciar um projeto de conservação das nascentes. "Temos que preservar o lago e a Floresta Nacional (Flona), que, agora, perdeu uma área grande. Temos que resgatar essa área", destacou. "O crescimento tem que ser ordenado."

E, para a educação, Paulo Octávio defendeu a valorização dos professores e o aumento do efetivo do Batalhão Escolar. "Aquelas escolas que têm notas melhores precisam ser recompensadas", disse.

Sabatinas no Balanço Geral DF

Paulo Octávio fechou a série de sabatinas com candidatos ao Governo do Distrito Federal no Balanço Geral DF. Além dele, foram entrevistados os candidatos Rafael Parente (PSB), Izalci Lucas (PSDB), Leila Barros (PDT), Leandro Grass (PV) e Ibaneis Rocha (MDB). As entrevistas estão disponíveis nas páginas das Eleições 2022 no Portal R7.

Últimas