STF

Brasília PGR pede investigação contra Bia Kicis por acusação de racismo

PGR pede investigação contra Bia Kicis por acusação de racismo

Parlamentar postou montagem nas redes sociais em que Moro e Mandetta aparecem com rostos pintados de preto

  • Brasília | Renato Souza e Sarah Teófilo, do R7, em Brasília

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF)

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF)

Michel Jesus/ Câmara dos Deputados - 27.01.2021

A Procuradoria-Geral da República pediu abertura de investigação pelo STF (Supremo Tribunal Federal) contra a deputada federal Bia Kicis (PSL-DF). Ela é acusada de racismo por ter publicado na internet uma postagem contra um programa de trainee destinado a candidatos negros realizado por uma rede varejista.

Para criticar o programa, Bia Kicis publicou uma imagem dos ex-ministros Sergio Moro e Luís Henrique Mandetta com os rostos pintados de preto. A prática é conhecida como "blackface" e utilizada por grupos racistas. A postagem está acompanhada da frase "não está fácil para ninguém", em referência a quem ficou desempregado.

Na ação, o vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, afirma que, em tese, a parlamentar praticou crimes resultantes de "preconceito ou discriminação". Procurada pelo R7, Bia Kicis informou que não vai se manifestar sobre o caso.

Últimas