Sistemas do Banco do Brasil ficam fora do ar

54 milhões de clientes estão sem acesso à conta nesta sexta-feira (27) em caixas eletrônicos, pelo site e aplicativo

  • Brasília | Emerson Fraga, do R7, em Brasília

Edifício sede do Banco do Brasil, em Brasília

Edifício sede do Banco do Brasil, em Brasília

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os sistemas do Banco do Brasil saíram do ar nesta sexta-feira (27) e deixaram mais de 54 milhões de clientes sem acesso às contas. Caixas eletrônicos, o site e o aplicativo do banco deixaram de funcionar. Ficaram indisponíveis, segundo relatos de clientes nas redes sociais, transferências, quiatação de boletos, pagamentos via débito e crédito e até saques.

“Fui tentar pagar a prestação do meu carro e o aplicativo não acessou. Aí fui pagar a conta do café e não passou o cartão. Depois, fui em uma loja e não funcionou nem débito e nem crédito. Acabei de sair do mercado e a mesma coisa. Tive que entrar no cheque especial de outro banco pra pagar essas contas”, relata a jornalista Bruna Marques.

“O BB confirma inconsistência em seus sistemas na tarde desta sexta-feira, 27, e trabalha para restabelecer a normalidade", diz comunicado da instituição. Segundo uma fonte da área de tecnologia do Banco do Brasil ouvida pelo R7, o problema é com o chamado ambiente mainframe, um computador de alta potência que funciona como a central do sistema.

O banco nega que o problema tenha sido causado por hackers ou por ataques cibernéticos. O problema afeta os sistemas do Banco do Brasil em todo o mundo de forma generalizada.

De acordo com o portal “DownDetector”, que monitora quedas de sites em tempo real, os problemas com os sistemas do banco começaram a ser reportados a partir das 14h43 de hoje. Já foram feitas mais de 3 mil reclamações sobre a instabilidade nos sistemas do banco.

Últimas