Brasília 'Sou absolutamente contra o fim do vale-transporte', diz Pacheco

'Sou absolutamente contra o fim do vale-transporte', diz Pacheco

Em seminário sobre transportes urbanos, presidente do Senado criticou iniciativas que querem acabar com o benefício

  • Brasília | Clarissa Lemgruber, do R7, em Brasília

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, fala na abertura do 35º Seminário Nacional da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU)

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, fala na abertura do 35º Seminário Nacional da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU)

Reprodução/Youtube

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), criticou, na manhã desta terça-feira (9), iniciativas que buscam acabar com o vale-transporte do trabalhador brasileiro. "Sou absolutamente contra", disse o senador na abertura do 35º Seminário Nacional da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU), que ocorre em São Paulo até quarta-feira (10).

"O vale transporte cumpre uma função social muito importante no nosso país. É um direito do trabalhador que não pode ser substituído por pecúnia porque ele tem um propósito específico", reforçou Pacheco.

O senador, que participou do evento de forma virtual, destacou a obrigatoriedade de o Congresso Nacional, junto ao poder público, garantir o fornecimento do transporte público de qualidade aos cidadãos de todo o país. 

"O transporte coletivo é um direito, um serviço essencial de obrigação do poder público. É obrigação, em todo o território nacional, conferir a cada brasileiro e brasileira o direito de se locomover por meio do transporte público. A atividade deve ter a presença do Estado na sua fiscalização, na exigência da qualidade, na exigência do cumprimento de contrato", afirmou.

Leia mais: Bens de sete candidatos à Vice-Presidência somam R$ 15,8 milhões

Segundo ele, o Senado está "aberto às boas iniciativas, às iniciativas que sejam inteligentes, modernas, de aprimoramento do transporte coletivo, que é um direito social", completou.

Além de Pacheco, estavam presentes na mesa de abertura o presidente da NTU, Francisco Christovam, o presidente da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e prefeito de Aracaju (SE), Edvaldo Nogueira Filho, o presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Vander Costa, entre outras lideranças.

Pacheco reiterou ainda a importância da valorização da indústria nacional de insumos para o setor. "Recentemente, tivemos uma reunião com lideranças sindicais e diversas pessoas envolvidas, de modo a valorizar a nossa indústria em relação aos insumos para o transporte, sobretudo os sustentáveis, que possam substituir a matriz energética fóssil por uma matriz energética renovável", afirmou.

Últimas