Brasília Tarcísio e França empatam em segundo na disputa pelo Governo de SP

Tarcísio e França empatam em segundo na disputa pelo Governo de SP

Levantamento feito pelo Real Time Big Data mostra disputa apertada entre os dois; Fernando Haddad está na liderança

  • Brasília | Plínio Aguiar, do R7, em Brasília

Tarcísio de Freitas e Márcio França empatam em segundo na disputa pelo governo de SP

Tarcísio de Freitas e Márcio França empatam em segundo na disputa pelo governo de SP

Reprodução

O ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos) e o ex-governador paulista Márcio França (PSB) estão empatados no segundo lugar, atrás de Fernando Haddad (PT), na disputa pelo governo de São Paulo nas eleições deste ano, aponta levantamento feito pelo Real Time Big Data a pedido da Record TV.

A pesquisa mostra quatro cenários estimulados (quando os nomes são apresentados aos eleitores). No primeiro, Haddad tem 29% das intenções de voto, enquanto Tarcísio e França, 15%. Na sequência, vem Rodrigo Garcia (PSDB) com 7%. Depois, Vinicius Poit (Novo), Abraham Weintraub (Brasil 35), Felício Ramuth (PSD) e Elvis Cezar (PDT) aparecem com 1%. Altino Júnior (PSTU) e Gabriel Colombo (PCB) não pontuaram. Do total, 12% não sabem ou não responderam e 18% disseram que votariam em branco ou anulariam.

Veja o resultado do primeiro cenário na pesquisa estimulada:

Fernando Haddad: 29%
Márcio França: 15%
Tarcísio de Freitas: 15%
Rodrigo Garcia: 7%
Vinicius Poit: 1%
Abraham Weintraub: 1%
Felício Ramuth: 1%
Elvis Cezar: 1%
Altino Júnior: 0%
Gabriel Colombo: 0%
Branco ou nulo: 18%
Não sabem ou não responderam: 12%

Em outro cenário, com a ausência do petista, França lidera as intenções de voto com 27%, seguido de Tarcísio, com 15%. O terceiro lugar é ocupado por Garcia, com 9%. Na sequência, pontuam com 2% Cezar e Poit. Já Weintraub e Ramuth têm 1% cada um. Altino e Colombo não pontuam novamente. Os que não sabem ou não responderam somam 17% e os que votariam em branco ou anulariam, 26%.

Veja o resultado do segundo cenário na pesquisa estimulada:

Márcio França: 27%
Tarcísio de Freitas: 15%
Rodrigo Garcia: 9%
Elvis Cezar: 2%
Vinicius Poit: 2%
Abraham Weintraub: 1%
Felício Ramuth: 1%
Altino Júnior: 0%
Gabriel Colombo: 0%
Branco ou nulo: 26%
Não sabem ou não responderam: 17%

Já no cenário de número três, sem França, Haddad tem 33% das intenções de voto, seguido de Tarcísio, com 20%, e Garcia, com 10%. Poit e Ramuth marcam 2%, seguidos de Weintraub e Cezar, com 1%. Altino e Colombo não pontuaram. Os que votariam em branco ou anulariam somam 18% e os que não sabem ou não responderam, 13%.

Veja o resultado do terceiro cenário na pesquisa estimulada:

Fernando Haddad: 33%
Tarcísio de Freitas: 20%
Rodrigo Garcia: 10%
Vinicius Poit: 2%
Felício Ramuth: 2%
Abraham Weintraub: 1%
Elvis Cezar: 1%
Altino Júnior: 0%
Gabriel Colombo: 0%
Branco ou nulo: 18%
Não sabem ou não responderam: 13%

No quarto e último cenário da estimulada, com menos candidatos, Haddad tem 30% das intenções de voto. França e Tarcísio voltam a empatar, com 16%. Na sequência, vem Garcia, com 7%. Os que não sabem ou não responderam somam 13% e os que votariam em branco ou anulariam, 18%.

Veja o resultado do quarto cenário na pesquisa estimulada:

Fernando Haddad: 30%
Márcio França: 16%
Tarcísio de Freitas: 16%
Rodrigo Garcia: 7%
Branco ou nulo: 18%
Não sabem ou não responderam: 13%

O instituto ouviu 1.500 eleitores paulistas em 20 e 21 de maio. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o código SP-05693/2022.

Segundo turno

A pesquisa questionou os eleitores paulistas sobre eventual segundo turno para o governo do estado em seis cenários. Veja os resultados a seguir:

- Haddad (33%) e França (33%); brancos e nulos (20%); e não sabem ou não responderam (14%).
- Haddad (35%) e Tarcísio (27%); brancos e nulos (22%); e não sabem ou não responderam (16%).
- Haddad (36%) e Garcia (21%); brancos e nulos (25%); e não sabem ou não responderam (18%).
- França (37%) e Tarcísio (24%); brancos e nulos (21%); e não sabem ou não responderam (18%).
- França (42%) e Garcia (17%); brancos e nulos (23%); e não sabem ou não responderam (18%).
- Tarcísio (26%) e Garcia (18%); brancos e nulos (29%); e não sabem ou não responderam (27%).

Rejeição

Segundo a pesquisa, o petista Fernando Haddad é o candidato com o maior índice de rejeição entre o eleitorado paulista, com 49%. Confira, abaixo, a lista:

Fernando Haddad: 49%
Abraham Weintraub: 44%
Tarcísio de Freitas: 36%
Rodrigo Garcia: 34%
Márcio França: 33%
Vinicius Poit: 29%
Elvis Cezar: 28%
Felício Ramuth: 27%
Altino Júnior: 24%
Gabriel Colombo: 24%

Disputa ao Senado

O Instituto Real Time Big Data também ouviu os eleitores sobre os pré-candidatos ao Senado por São Paulo em quatro cenários estimulados. No primeiro, o jornalista José Luiz Datena lidera a corrida com 29% das intenções de voto, ante 20% do ex-juiz Sergio Moro. Veja os resultados abaixo.

Primeiro cenário:

José Luiz Datena (PSC): 29%
Sergio Moro (União Brasil): 20%
Márcio França (PSB): 16%
Janaina Paschoal (PRTB): 6%
Aldo Rebelo (PDT): 2%
Nise Yamaguchi (PTB): 2%
Professor HOC (Podemos): 1%
Ricardo Mellão (Novo): 1%
Branco ou nulo: 13%
Não sabem ou não responderam: 10%

Segundo cenário:

Fernando Haddad: 33%
Paulo Skaf: 14%
Janaina Paschoal: 9%
Milton Leite: 4%
Professor HOC: 1%
Ricardo Mellão: 1%
Branco ou nulo: 20%
Não sabem ou não responderam: 18%

Terceiro cenário:

José Luiz Datena: 33%
Márcio França: 21%
Janaina Paschoal: 8%
Milton Leite: 5%
Professor HOC: 1%
Ricardo Mellão: 1%
Branco ou nulo: 16%
Não sabem ou não responderam: 15%

Quarto cenário:

José Luiz Datena: 27%
Fernando Haddad: 24%
Janaina Paschoal: 10%
Milton Leite: 5%
Professor HOC: 1%
Ricardo Mellão: 1%
Branco ou nulo: 17%
Não sabem ou não responderam: 15%

Últimas