Brasília TREs intensificam o preparo das urnas eletrônicas para o 1º turno

TREs intensificam o preparo das urnas eletrônicas para o 1º turno

Entre os trabalhos está a inserção de dados e aplicativos para o funcionamento dos equipamentos nos respectivos estados

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Preparação das urnas eletrônicas que serão utilizadas em seções eleitorais no Pará

Preparação das urnas eletrônicas que serão utilizadas em seções eleitorais no Pará

Reprodução/TRE-PA

Os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de todo o país estão em ritmo intenso de trabalho para finalizar o preparo das urnas eletrônicas que serão utilizadas no primeiro turno das eleições, no próximo dia 2. Entre as atividades está a inserção de dados e aplicativos para o funcionamento dos equipamentos nos respectivos estados.

O R7 destacou as atividades que estão sendo desenvolvidas em algumas unidades da federação. Confira os detalhes abaixo:

Sudeste

Em Minas Gerais, a carga dos equipamentos que serão utilizados em Belo Horizonte terminará nesta sexta-feira (23). Nos demais municípios do estado, a preparação das urnas será concluída até este domingo (25). O estado usará 55.435 equipamentos em 304 zonas eleitorais.

"Durante o procedimento de carga, as urnas recebem o sistema de votação, dados de todos os candidatos e de eleitoras e eleitores. Também é inserida a mídia de resultados, onde serão gravados os votos registrados em cada urna", informou o TRE-MG.

Sul

Preparação das urnas eletrônicas no Paraná

Preparação das urnas eletrônicas no Paraná

Reprodução/TRE-PR

No Paraná, 25,8 mil urnas serão preparadas, testadas e lacradas para, na véspera das eleições, serem distribuídas a 4.700 locais de votação nos 399 municípios. Na capital, Curitiba, 3.900 equipamentos vão atender 415 locais de votação no município.

As chamadas Cerimônias de Carga e Lacração estão previstas para terminar no dia 26 de setembro.

"A carga e lacração é precedida da Cerimônia de Geração de Mídias, na qual constam os dados das tabelas de partidos políticos, federações e coligações; eleitoras e eleitores; seções com as respectivas agregações; e candidatas e candidatos (com o respectivo número, nome indicado na urna e fotografia). As mídias são utilizadas para a carga da urna, para a votação, para a ativação de aplicativos da urna e para a gravação do resultado", detalhou o TRE-PR.

Nordeste

No Ceará, a previsão é encerrar a carga das 25.566 urnas que serão usadas no estado até este sábado (24). "Em Fortaleza, serão 5.235 urnas de seção e 427 urnas de contingência (reservas utilizadas no dia da eleição caso alguma urna de seção apresente defeito). Na capital, a previsão é de que os procedimentos ocorram até [este] sábado (24), podendo se estender, se necessário, até o dia 27, conforme edital", afirmou o TRE-CE.

"Na oportunidade, todos os componentes da urna são testados. Ao fim, as urnas receberão lacres físicos para que qualquer tentativa de violação dos equipamentos possa ser evidenciada", acrescentou o tribunal cearense.

Norte

Lacração de urna eletrônica que será usada no Acre

Lacração de urna eletrônica que será usada no Acre

Reprodução/TRE-AC

No Acre, os trabalhos com a carga das 2.883 urnas eletrônicas está previsto para acabar neste domingo (25). "Desse total, serão 2.124 urnas de seção e 759 de contingência."

Após a carga e o lacre, ação que acontece logo depois da geração de mídias, "são colocados os lacres nos compartimentos das máquinas, devidamente assinados pelos juízes das respectivas zonas eleitorais, promotores e representantes de partidos e coligações, convocados para acompanhar todo o processo", explicou o TRE-AC.

Centro-Oeste

Roberval Belinati (à dir.), presidente do TRE-DF

Roberval Belinati (à dir.), presidente do TRE-DF

Reprodução/TRE-DF

No Distrito Federal, 7.426 urnas eletrônicas estarão disponíveis para as eleições. Desse total, serão 6.478 urnas de seção e 678 reservas.

Na última quarta-feira (21), a cerimônia de início de preparação das urnas contou com a presença do presidente do TRE-DF, o desembargador Roberval Belinati.

"Este momento é muito importante para a Justiça Eleitoral, porque nós estamos preparando essas urnas para o dia das eleições. E, após a instalação das mídias, nós colocaremos um lacre em cada urna, assinado pelo juiz da zona eleitoral, que constatará a integridade, a segurança, a confiabilidade da urna eletrônica", afirmou o presidente.

Últimas