Brasília Ucrânia é ocupada por 100 mil soldados russos, diz embaixada

Ucrânia é ocupada por 100 mil soldados russos, diz embaixada

Representante ucraniano no Brasil disse que ataques aumentaram nas últimas horas; 3.500 soldados russos já teriam morrido

  • Brasília | Renata Varandas, da Record TV, e Renato Souza, do R7

Anatoliy Tkach é o encarregado de negócios da Ucrânia no Brasil

Anatoliy Tkach é o encarregado de negócios da Ucrânia no Brasil

divulgação/Embaixada da Ucrânia

O encarregado de negócios da Embaixada da Ucrânia em Brasília, Anatoliy Tkach, afirmou que 100 mil soldados das Forças Armadas da Rússia estão em território ucraniano. De acordo com ele, nas últimas 24 horas ocorreram ataques contra navios e estruturas da nação do Leste Europeu.

O representante ucraniano garantiu que existem crimes de guerra contra civis sendo realizados no país. "As batalhas continuam em todo o território da Ucrânia. Tem aproximadamente 100 mil soldados russos no território da Ucrânia. Uma tendência alarmante, ataques contra a estrutura civil. Ontem, um avião russo atirou contra dois navios. A nossa procuradoria-geral está juntando todas as provas e mandando para Haia", disse.

Anatoliy Tkach cita dados do Ministério da Saúde e aponta baixas significativas no Exército russo. Segundo ele, 3.500 soldados russos morreram. Sobre cidadãos ucranianos, afirma que "o Ministério da Saúde cadastrou 198 mortes, incluindo três crianças, e 1.115 feridos, sendo 33 crianças. Os civis são 38 pessoas", completou o representante diplomático.

Últimas