Carros 7 lugares: Chevrolet Spin Activ ou JAC T80? 

7 lugares: Chevrolet Spin Activ ou JAC T80? 

Custo benefício é a marca da dupla feita para consumidores bem diferentes

Colocamos frente a frente a nova Spin e o JAC T80

Colocamos frente a frente a nova Spin e o JAC T80

Marcos Camargo

Atualmente no mercado de carros de sete lugares existem algumas opções, como Chevrolet Spin, Mitsubishi Outlander, Toyota SW4, JAC T80, Peugeot 5008 e Tiguan All Space, além de opções ainda mais caras como Volvo XC 90 e Audi Q7.

Nossa equipe avaliou duas opções: uma conservadora e já consagrada no mercado, a Chevrolet Spin Activ7 e por outro lado o JAC T80, SUV lançando no início deste ano que propõe bom custo benefício por um valor menor. A diferença entre os dois é grande, mas não o conteúdo. Exatos R$ 50 mil separam as duas alternativas mostradas nesta matéria:

Marcos Camargo


Spin é tradição

Nova Spin foi lançada em 2018

Nova Spin foi lançada em 2018

Divulgação

A Spin Activ nasceu ano passado com o facelift da perua com ares de crossover. É o carro mais barato de sete lugares vendido no país mas não surpreende. É equipada com motor 1.8 SPE/4 ECO 4 cilindros com 111 cv com um câmbio automático de seis marchas, que dá ao carro um bom desempenho urbano e rodoviário. Rodamos por cerca de 500km a bordo da Spin Activ7 e registramos uma média de 9,8km/l na cidade e 13,1km/l na estrada, sempre com gasolina.
Nas saídas e retomadas, o modelo não deixa a desejar, explorando ao máximo sua potência o que acaba se tornando um ponto positivo. Ainda assim desempenho não é seu forte graças ao motor limitado.

Conforto

Os bancos da Chevrolet Spin são rebatíveis

Os bancos da Chevrolet Spin são rebatíveis

Divulgação

O conforto é outro ponto positivo do carro mas sem exageros. Fizemos o teste com sete ocupantes no carro e não houve reclamações por falta de espaço exceto é claro na terceira fileira. No entanto a Chevrolet melhorou o acesso ao último banco com trilhos e um sistema simples de rebatimento que é fácil de usar. Para rodar na cidade vai bem e também acomoda as crianças mas adultos certamente vão reclamar. Por sorte há espaço para bagagem pequena mesmo com o terceiro banco montado.

Tecnologia

A Spin Activ7 é equipada com kit multimídia Mylink e sistema OnStar, uma espécie de concierge ativo. Isso torna a vida a bordo mais prazerosa. A multimídia tem espelhamento com Android Auto e Apple CarPlay, facilitando a vida do usuário sem excesso de cores e funções.

Painel Chverolet Spin 2020

Painel Chverolet Spin 2020

Divulgação

Resumo JAC T80

JAC Motors T80

JAC Motors T80

Divulgação

Lançado no início do ano o T80 representa a maturidade da marca no país e exibe grande porte e um estilo arrojado. Conhecido como S7 no mercado chinês onde ele é fabricado, parece feito para quebrar preconceitos.

Motor é o 2.0 turbo de 210 cv com um câmbio automatizado de seis marchas e dupla embreagem, suficiente para empurrar com animação seus 1.725kg distribuídos em 4,78m de comprimento. Também rodamos com ele por pouco mais de 500 quilômetros em percursos urbanos e rodoviários. Mesmo não sendo esportivo dá para notar que acelera com vigor chegando a tracionar na segunda marcha mas na suspensão inclina um pouco nas curvas e joga a carroceria especialmente na traseira já que não tem tração integral. As médias de consumo foram boas: 10,2km/L na cidade e 12km/l na estrada.

Conforto

O T80 trata bem seus passageiros com bancos em couro e elétricos na dianteira (além de memória para o motorista), boa ergonomia e ajuste em altura no volante mas sem acerto de profundidade. A terceira fileira tem mais espaço mas não evita que as pernas fiquem suspensas e os mais altos correm o risco de encostar a cabeça no teto. Com bancos armados, há espaço só para alguma sacola no porta malas. No entanto quem viaja nos bancos “comuns” sempre terá espaço à vontade no T80.

Interior JAC Motors T80

Interior JAC Motors T80

Divulgação

Tecnologia

O JAC T80 surpreende com itens como seis airbags, painel digital configurável, faróis com acendimento automático e luzes diurnas de LED, piloto automático, freios ABS com disco nas quatro rodas, chave presencial com partida por botão, o ar-condicionado automático digital bizone e os controles de tração e estabilidade com assistente de partida em rampas. Tem multimídia de 10” e clister de 12,3” totalmente digital além de som Infinity. Poderia ter alerta de mudança de faixa e recursos de direção semiautonoma que seus concorrentes têm em faixa superior de preço.

Painel JAC Motors T80

Painel JAC Motors T80

Divulgação

Resumo: mundos diferentes

Chevrolet Spin e JAC T80 foram feitos para consumidores em mundos diferentes mas com o mesmo propósito.

A Chevrolet é tradição de uma receita simples de motorização mas versátil na proposta. Não é grandalhona, as mudanças no motor 1.8 melhoraram o consumo e a adoção de trilhos nos bancos da segunda fileira melhorou o acesso ao terceiro assento. Não há luxo mas ela cumpre com racionalidade seu papel por R$ 88,5 mil.
Por outro lado o JAC surpreende mesmo sem disputar espaço com a Chevrolet. É grande e vai levar os sete passageiros com folga e conforto. Vem bem equipado, é tecnológico e o motor chega a ser arisco para um carro tão grande. Fica devendo recursos que seus concorrentes mais caros já tem, mas entrega a qualidade esperada e ainda tem seis anos de garantia. O preço é R$ 139,9 mil.

Spin e JAC T80 frente a frente

Spin e JAC T80 frente a frente

Marcos Camargo

Para consumidores que prezam pela razão a Chevrolet Spin falará mais alto e não irá consumir todo o orçamento da família. Quem quer inovar pode embarcar (e gastar) mais no JAC T80 que certamente terá o SUV mais evoluído entre os chineses sem dever nada para a concorrência mais cara.


A Chevrolet está quase sozinha no segmento já que não disputa compradores com utilitários esportivos enquanto o T80 enfrenta a concorrência acirrada mas tem bom custo beneficio, qualidade comum desta dupla.

Confira nossa avaliação em vídeo no canal Autos TV