Carros [Avaliação] Peugeot 208 Like: testamos a versão mais barata do compacto

[Avaliação] Peugeot 208 Like: testamos a versão mais barata do compacto

Versão de entrada chega bem equipada e é a mais barata da categoria 

  • Carros | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Versão Like chega com preços de R$ 70,9 mil
  • Modelo vem de série com direção elétrica e multimídia com espelhamento para celular
  • 208 é o único compacto de entrada que chega equipado com motor 1.6
A marca conseguiu reposicionar os preços do 208 e com isso viu os números de vendas subirem

A marca conseguiu reposicionar os preços do 208 e com isso viu os números de vendas subirem

Marcos Camargo Jr

A Peugeot não tem o que reclamar do ano de 2021. A marca conseguiu reposicionar os preços do 208 e com isso viu os números de vendas subirem. Atualmente a versão de entrada, Like, pode ser encontrada por R$ 70,9 mil já emplacada em várias concessionárias da rede. O R7 Autos Carros passou 15 dias com o modelo e pôde avaliar os prós e os contras do modelo.

Apresentado em 2020, o compacto chamou atenção com visual agressivo

Apresentado em 2020, o compacto chamou atenção com visual agressivo

Peugeot/Divulgação

O primeiro ponto a ser comentado é o design. Apresentado em 2020, o compacto chamou atenção com visual agressivo herdado de seus irmãos maiores como 3008 e 2008. Na versão de entrada, os LEDs “dente de sabre” do para-choques dão lugar a uma capa de plástico, mantendo a estética do desenho mas sem a funcionalidade do LED diurno. A grade é toda preta sem o acabamento preto brilhante com o logo da marca centralizado e o nome do carro próximo ao capô.

Equipado e com estilo

Mesmo com quase dois anos de mercado, ainda é possível ver que o público repara no Peugeot 208 nas ruas. Por dentro o acabamento ainda surpreende ainda mais por se tratar de uma versão de entrada. O painel e portas são revestidos com plástico rígido de boa qualidade, o cluster mescla elementos analógicos e digitais e tem comandos no volante, que inclusive carrega o conceito i-cockpit e traz o formato oval. A diferença dos modelos mais caros é mínima embora o 208 Like entregue bem menos equipamentos.

PEUGEOT 208 LIKE - a versão mais barata que já vem completa por R$ 70,9 mil vale a pena?

Um ponto positivo do 208 é que mesmo nas versões de entrada, o compacto já chega com multimídia de 7 polegadas com espelhamento para Android Auto e Apple CarPlay. A tela ainda é um pouco inclinada ao motorista dando a sensação de estar dentro de uma cabine.

Espaço interno é item faltante

O ponto a desejar no 208 é sem dúvida o espaço interno. O carro tem comprimento de compacto, sendo mais largo que os concorrentes porém mais baixo e com entre-eixos curto.  Feito sobre a plataforma modular CMP (sigla para Common Modular Platform), o modelo oferece 4,055 m de comprimento e 2,538m de entre-eixos, o torna o carro um dos menores do segmento.

Peugeot 208 peca em espaço interno

Peugeot 208 peca em espaço interno

Marcos Camargo Jr

Na prática levar passageiros adultos no banco traseiro não é muito fácil com acesso traseiro diminuto bem como a coluna C que propõe uma queda bonita esteticamente mas ruim do ponto de vista ergonômico. Outro ponto crítico é o porta-malas de apenas 265 litros, bem reduzido é suficiente apenas para viagens curtas ou uma compra de supermercado sem volumes muito grandes.

Desempenho sem surpresas

O Peugeot 208 é equipado com o velho dinheiro motor 1.6 naturalmente aspirado conectado ao câmbio manual de cinco marchas que produz até 118 cv a 5.750 rpm de potência e 15,47 kgfm de torque a 4.000 rpm.

Com um desempenho progressivo e sem atrasos, o Peugeot 208 Like é um compacto agradável de conduzir

Com um desempenho progressivo e sem atrasos, o Peugeot 208 Like é um compacto agradável de conduzir

Marcos Camargo Jr

Com um desempenho progressivo e sem atrasos, o Peugeot 208 Like é um compacto agradável de conduzir, seja nas baixas ou nas médias rotações. Durante nosso percurso na cidade, pudemos ver que não é preciso elevar o giro do motor para o carro deslanchar. Além disso, o 208 não demonstra falta de fôlego nas arrancadas e retomadas dando confiança na estrada.

As trocas de marchas são precisos, porém, o curso um pouco longo da alavanca pode ser motivo de incômodo para alguns

As trocas de marchas são precisos, porém, o curso um pouco longo da alavanca pode ser motivo de incômodo para alguns

Marcos Camargo Jr

As trocas de marchas são precisos, porém, o curso um pouco longo da alavanca pode ser motivo de incômodo para alguns. Em contrapartida, o acionamento do pedal da embreagem é leve e não cansa nos congestionamentos. Um outro ponto positivo é o auxílio em rampas, mesmo em subidas íngremes pois o carro fica parado por até três segundos até a arrancada.

O acerto das suspensões merecem elogios pela evolução frente o 208 antigo. O novo conjunto absorve bem as irregularidades do solo sem transmitir para a cabine batidas secas. Não há ruídos crônicos, nem falta de curso nas valetas.

Como já dito, o 208 é o mais barato da categoria e ainda entrega mais em alguns pontos

Como já dito, o 208 é o mais barato da categoria e ainda entrega mais em alguns pontos

Marcos Camargo Jr

Como já dito, o 208 é o mais barato da categoria e ainda entrega mais em alguns pontos. Em todos os seus concorrentes não há opção de multimídia de serie e todas as versões de entrada são equipadas com motor 1.0, enquanto o 208 tem propulsor 1.6. Ao colocar na ponta do lápis as versões base do Chevrolet Onix (LT 1.0), Fiat Argo (Drive 1.0), Renault Sandero (Life 1.0), Hyundai HB20 (1.0)e Volkswagen Polo (MPI 1.0) são mais caras que o 208. No site a versão de entrada do carro custa R$ 78,6 mil mas na prática várias concessionárias tem preço promocional para o 208 por R$ 70,9 mil, já emplacado e na cor branca. Se considerar que só o Peugeot é um 1.6 sem dúvida o custo benefício joga a favor do compacto. Ele tem bom pacote, bom preço e vai ajudar a reforçar posição no mercado nacional ainda que seja o único da categoria importado (ele vem da Argentina). Hoje, nenhum compacto custará menos e entregará mais que o Peugeot 208.

Últimas