Carros Carro usado inicia tendência de queda após dois anos de alta

Carro usado inicia tendência de queda após dois anos de alta

Após valorizar 28% desde o início da pandemia preços já começam a cair no mercado de usados

  • Carros | Marcos Camargo Jr.

Resumindo a Notícia

  • Motivo para essa redução está justamente na baixa demanda
  • No mês passado, as vendas de automóveis usados caiu 2,2%
  • Carros mais velhos, fabricados até 2009, representam a maior procura
Motivo para essa redução está justamente na baixa demanda

Motivo para essa redução está justamente na baixa demanda

AutoShow/Divulgação

Após dois anos de alta, o preço dos carros usados inicia uma tendência forte de redução. Em três meses, considerando abril, maio e junho, segundo a tabela FIPE e dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Neste período, a média de preços dos modelos usados caiu 7,5% após uma elevação superior a 28% desde o início da pandemia sendo que em 2021 a escalada de preços ficou em 22%.

Feirão AutoShow é um tradicional ponto de compra e venda de veículos de São Paulo e do ABC

Feirão AutoShow é um tradicional ponto de compra e venda de veículos de São Paulo e do ABC

AutoShow/Divulgação

O motivo para essa redução está justamente na baixa demanda. Apesar da redução recente do preço dos combustíveis, o alto custo acumulado para abastecer o carro fez o consumidor perder o interesse pela troca de automóvel. No mês passado, as vendas de automóveis usados caiu 2,2%, acumulando redução de 18% ao longo do primeiro semestre. Estes dados são da Fenauto, Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores.

Carros mais velhos, fabricados até 2009, representam a maior procura com 1,9 milhão de unidades transacionadas

Carros mais velhos, fabricados até 2009, representam a maior procura com 1,9 milhão de unidades transacionadas

AutoShow/Divulgação

É o caso do Feirão AutoShow, tradicional ponto de compra e venda de veículos de São Paulo e do ABC onde a movimentação de público cresceu em torno de 40% no primeiro semestre mas a venda de carros, que era superior a 50% dos modelos ofertados, e agora está em torno de 1/3 dos carros que são oferecidos no evento. "Já foi mais fácil vender o carro e o setor automotivo vinha falando em subida de preços mas esse fenômeno já parou e agora o preço está caindo", explica Leandro Ferrari, diretor Comercial do AutoShow.

FIAT PALIO FIRE 1.0 básico USADO vale a pena? Problemas comuns, preço de peças e manutenção. Veja o vídeo!

Procura por "velhinhos" cresceu
Nas lojas e também em feirões de carros, o ticket médio caiu. Os carros mais velhos, fabricados até 2009, representam a maior procura com 1,9 milhão de unidades transacionadas no primeiro semestre. O cenário é diferente de 2021 onde os carros com até oito anos de fabricação foram os mais vendidos nas lojas.

Cenário é diferente de 2021 onde os carros com até oito anos de fabricação foram os mais vendidos nas lojas

Cenário é diferente de 2021 onde os carros com até oito anos de fabricação foram os mais vendidos nas lojas

AutoShow/Divulgação

"Percebemos que o carro, tanto o preço de tabela, quanto o crédito restrito levaram a uma queda no número de vendas dos carros usados. Dizemos que o carro novo 'ficou longe do bolso de muita gente' e por isso o carro mais em conta tem giro rápido na nossa feira, carros até R$ 30 mil principalmente os mais completos, são os mais buscados", complementa Leandro Ferrari.

Citröen C3 G2 usado VALE A PENA? Quanto custa manutenção motor 1.5 8V? Preço, peças, ficha técnica. Veja o vídeo!

O preço do carro usado vai cair nos próximos meses?
Por enquanto não. A falta de componentes eletrônicos na indústria reduziu os volumes enquanto o preço subiu. Em outros mercados como o europeu, cerca de 2 milhões de veículos deixaram de ser produzidos. Algo similar ocorre no Brasil. Com capacidade instalada para a produção de 4,5 milhões de veículos por ano, o mercado deve atingir o volume de 2 milhões de unidades até o fim deste ano, estima a Anfavea, associação nacional dos fabricantes de veículos.

Feirão do AutoShow conta com uma ampla estrutura para quem compra e, também, para quem vende

Feirão do AutoShow conta com uma ampla estrutura para quem compra e, também, para quem vende

AutoShow/Divulgação

Com baixa disponibilidade de peças e preços elevados até em função dos combustíveis mais caros, o preço do carro novo não deve cair tão cedo, ainda que o consumo esteja em baixa. Restará por enquanto, a recuperação das vendas mais lentas no mercado de usados focado principalmente em automóveis mais velhos e com preço mais próximo do bolso dos compradores.

Últimas