Notícias Casos globais de coronavírus diminuíram pela quarta semana seguida, diz OMS

Casos globais de coronavírus diminuíram pela quarta semana seguida, diz OMS

Agência Estado

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, informou que o número global de casos de covid-19 diminuiu pela quarta semana seguida nos últimos sete dias. Segundo ele, isso ocorre graças a restrições adotadas por países e o progresso da vacinação. "Ainda não é o momento de relaxarmos as medidas de proteção", ponderou o diretor-geral, durante coletiva de imprensa em Genebra, na Suíça.

Motivo de preocupação ao redor do mundo por supostamente serem mais contagiosas, as variantes do sars-cov-2 surgidas em países como Brasil e África do Sul não devem causar "pânico", segundo a cientista-chefe da OMS, Sumya Swaminathan, uma vez que o surgimento das novas cepas é constante na evolução natural do vírus. Ela ainda reafirmou que os estudos conduzidos até agora não indicam menor proteção das vacinas contra casos graves das variantes descobertas.

Origem

O relatório da equipe de cientistas que viajou à Wuhan, na China, para descobrir a origem do sars-cov-2 será divulgado em algumas semanas, com um resumo das descobertas saindo já na semana que vem, anunciou Tedros. Segundo ele, "algumas questões foram levantadas e outras descartadas" e "todas as hipóteses sobre a origem do vírus ainda estão abertas".

O chefe da missão convocada pela OMS e responsável pelo setor de Segurança Alimentar e Zoonoses da entidade, Peter Benembarek, classificou a viagem como um "bem-sucedida". Ele ainda reafirmou que, de acordo com as descobertas feitas pela equipe, é improvável que tenham ocorrido surtos do novo coronavírus em Wuhan ou em regiões próximas antes de dezembro de 2019, quando os primeiros casos da doença foram registrados pelo governo da China.

Últimas