Chineses querem investir ainda mais no Brasil

Só em 2017, já foram investidos R$ 35 bilhões. 

Mas, os chineses não vão parar por aí.

A América Latina e, sobretudo, o Brasil estão na mira da China. 

O deputado federal Fausto Pinato(PP) integra uma missão oficial que participa da Exposição Internacional China-América Latina no país. O evento, que vai até o dia 11, deverá reunir 500 empresas.

De lá, ele mandou a seguinte mensagem para a coluna: " Uma nova agenda de cooperação entre a China e a América Latina está sendo inaugurada. Em 2018, ao menos 10 grandes multinacionais chinesas  irão injetar recursos em mais de 20 empresas brasileiras nos setores de mineração,  de energia renovável, ferroviário, portuário, papel e celulose".

Os contatos iniciais com autoridades e empresários locais deram a Pinato a certeza de que o Brasil "virou a menina dos olhos dos chineses".

Os 13 milhões de desempregados brasileiros assim esperam.