Polícia do Rio Grande do Sul descobre que seita acusada de matar crianças nunca existiu

As falsas testemunhas do caso admitiram que mentiram a mando de uma mesma pessoa, que também admitiu a culpa. O objetivo era desviar o andamento da investigação.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log