Retrospectiva 2020

Cidades A situação dos times paraibanos no futebol 2020

A situação dos times paraibanos no futebol 2020

Botafogo-PB, Campinense e Treze tiveram um ano difícil no futebol paraibano. Foram

Portal Correio

Botafogo-PB, Campinense e Treze tiveram um ano difícil no futebol paraibano. Foram várias trocas de técnicos, aproveitamentos questionáveis e algumas decepções para os torcedores. Acompanhe abaixo um resumo da campanha dos principais times do estado na retrospectiva do ano.

Campinense

O Campinense se arrasta há oito temporadas tentando sair da Série D do Campeonato Brasileiro. O clube voltou a decepcionar este ano, adiando o sonho da torcida mais uma vez. Além disso, o time rubro-negro não conseguiu se destacar nas competições que disputou em 2020.

O único saldo da Raposa, na temporada, foi ser vice-campeã do Campeonato Paraibano, mas deixou escapar o troféu diante do seu maior rival, o Treze. o Campinense ainda disputou a Copa do Brasil, empatando com o Atlético-NG, ficando fora ainda na primeira fase.

Mas, a maior decepção do time rubro-negro foi nas disputadas do Campeonato Brasileiro da Série D. A grande expectativa da torcida, diretoria, comissão técnica e jogadores era levar a equipe ao acesso da Série C. Mas o Campinense perdeu a chance de se classificar ainda na primeira fase da quarta divisão.

O Campinense disputou este ano 29 jogos oficiais, sendo 14 no paraibano, 14 na Série D e uma partida na Copa do Brasil. A equipe conquistou nove vitórias, sofreu nove derrotas e obteve 11 empates nessa temporada. Durante o ano, o Campinense contou com 84 jogadores.

O clube teve sete técnicos durante a temporada. Começou com Oliveira Canindé. Ele saiu e a diretoria anunciou Ruy Scarpino. Em seguida, Ruy foi trocado por Evandro Guimarães, que ficou só uma semana no Renatão. O time passou a ser comandado por Ney Júnior.

Para a Série D, foi contratado Givanildo Sales. Ele saiu e o comando técnico passou a ser de Hélio Cabral. Quando faltavam duas partidas para o time encerrar a participação na Série D, a diretoria contratou o treinador Luciano Silva.

Botafogo-PB

O Botafogo decepcionou a torcida em todas as competições que disputou no primeiro semestre. Ficou pelo caminhou na Copa do Brasil e não seguiu se classificar na Copa do Nordeste. A maior decepção da torcida botafoguense foi a desclassificação na segunda fase do Campeonato Paraibano de 2020, sendo superado pelo Treze.

O sonho dos torcedores era o penta campeonato, mas o Belo ficou pelo caminhou também no estadual. No Campeonato Brasileiro da Série C, o torcedor sofreu até na última rodada. Mas saiu aliviado, pois o time conseguiu escapar do rebaixamento ao empatar com o Treze, em 1 a 1, no estádio Almeidão, em João Pessoa. Com isso, o Botafogo disputa a Série C, em 2021.

O Belo disputou 43 jogos em 2020, incluindo Campeonato Paraibano, Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Série C. Nesses 43 jogos o time conquistou 14 vitórias, obteve 19 empates e sofreu dez derrotas.

O time foi comandado por três treinadores, sendo que Evaristo Piza começou o trabalho. Depois, o Botafogo foi comandado por Rogério Zimmermann e Mauro Fernandes. Terminou a temporada com a volta de Evaristo Piza.

Além de garantir vaga na Série C do próximo ano, o Botafogo ainda conseguiu passar para a fase de grupos da Copa do Nordeste. O Belo superou o Atlético-BA, com um empate de 0 a 0, na Bahia e uma vitória de 3 a 0, no estádio Almeidão.

Treze

Campeão paraibano de 2020, quebrando um tabu de nove anos. Este foi o maior feito do Treze, na temporada. Mas o torcedor alvinegro não esconde o descontentamento pelo rebaixamento do time para a Série D.

O time alvinegro disputou 32 jogos oficiais, incluindo Campeonato Paraibano e Série C. No estadual a equipe entrou em campo 14 vezes, já na Série C disputou 18 jogos. Em 32 partidas disputadas neste ano, o clube conseguiu dez vitórias, obteve nove empates e sofreu nove derrotas.

Das dez vitórias no ano, seis foram no Estadual e apenas quatro na terceira divisão. Já no quesito derrotas, sete foram na competição Nacional e apenas 2 no Campeonato Paraibano.

O Treze utilizou três técnicos durante a temporada de 2020 e cerca de 40 jogadores. O trabalho foi iniciado por Celso Teixeira, que não esteve bem no paraibano. Para seu lugar veio Moacir Júnior, que levou o clube ao título estadual. Mas ele não fez boa campanha na Série C. Depois, o clube contratou Márcio Fernandes, que não conseguiu evitar a queda da equipe para a quarta divisão.

Por: Franco Ferreira

Últimas