Acusados de incêndio na boate Kiss deixam penitenciária em Santa Maria

Os quatro acusados do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS), deixaram, por volta das 21h30 desta quarta-feira (28) a penitenciária onde estavam desde o dia 28 de janeiro, quando a Justiça determinou a prisão deles. Os sócios da casa noturna, Elissandro Spohr e Mauro Hoffmann; e os integrantes da banda Gurizada Fandagueira, Marcelo dos Santos e Luciano Bonilha Leão saíram escoltados por viaturas da Brigada Militar.

Três desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul decidiram, por unanimidade, conceder liberdade aos acusados. Eles entenderam que os réus não apresentam riscos à sociedade e que, após quatro meses, o clamor público teria esfriado.