Apagões pelo Brasil

Cidades Aneel cobra esclarecimentos de distribuidora após apagão no PI

Aneel cobra esclarecimentos de distribuidora após apagão no PI

Moradores de Teresina ficaram sem energia elétrica de 31 de dezembro até 3 de janeiro após forte temporal

Agência Estado
Aneel cobra esclarecimentos de distribuidora após apagão em Teresina no Piauí

Aneel cobra esclarecimentos de distribuidora após apagão em Teresina no Piauí

Divulgação / Equatorial Energia

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) cobrou explicações da Equatorial Piauí, distribuidora que atende o Estado, sobre o apagão que atingiu a região na virada do ano, entre 31 de dezembro e 3 de janeiro. As informações serão usadas na fiscalização para apurar a conduta da empresa na ocorrência.

Entre os pontos que terão de ser esclarecidos estão a quantidade de consumidores afetados, equipamentos impactados na rede de distribuição, quantidade de equipes emergenciais disponibilizadas para atendimento às ocorrências, entre outros pontos. A empresa terá até a próxima segunda-feira (11), para responder a notificação.

"Com a fiscalização, a Agência busca verificar: as principais causas das interrupções; a eficiência na alocação de equipes e materiais pela Distribuidora; a efetividade das ações para restabelecimento do sistema; e a prestação de informação aos consumidores", disse à agência em nota.

De acordo com as informações disponibilizadas até o momento, a empresa afirmou que concluiu o restabelecimento do serviço em 100% das ocorrências coletivas registradas em Teresina.

Segundo a concessionária, as fortes chuvas na região causaram danos severos na rede elétrica devido a queda de, pelo menos, 280 árvores.

Últimas