Novo Coronavírus

Cidades Arthur Virgílio Neto, prefeito de Manaus, é internado com covid-19 

Arthur Virgílio Neto, prefeito de Manaus, é internado com covid-19 

De acordo com a Prefeitura, o político foi diagnosticado com a infecção provocada pelo novo coronavírus enquanto realizava exames de rotina

  • Cidades | Ricardo Pedro Cruz, do R7, com Record TV Manaus

Quadro de saúde é considerado "estável"

Quadro de saúde é considerado "estável"

ESTADÃO CONTEÚDO

O prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto (PSDB), de 74 anos, foi internado com covid-19, na segunda-feira (29), no Hospital Adventista, na capital do Amazonas.

Segundo a assessoria de imprensa do município, o político foi diagnosticado por meio de tomografia enquanto realizava exames de rotina. "Segue em isolamento na unidade com quadro estável, inclusive despachando normalmente", diz a nota oficial. 

Por meio de boletim médico, a unidade de saúde confirmou que o quadro é considerado "estável" e que não há "necessidade do uso de drogas vasoativas" —que auxiliam no funcionamento do sistema cardiorrespiratório. 

"Mantendo boa saturação de oxigênio em ar ambiente, realizando VNI (método de ventilação não invasiva) com boa resposta. Lúcido e orientado, recebendo medicações por via oral conforme protocolo institucional”, explica o hospital. Por recomendação da equipe médica, Arthur Virgílio Neto deve ficar em observação nas próximas 24 horas. 

Veja: MP cobra resposta sobre falhas em hospitais do AM; falta até sabonete

Na tarde de ontem, acompanhado por secretários da cidade, o prefeito participou da cerimônia de inauguração do complexo viário Ministro Roberto Campos. No entanto, de acordo com a Prefeitura, "os protocolos de saúde" foram adotados e todas as pessoas que tiveram contato com o chefe do Executivo local serão monitoradas. 

Últimas