Cidades Bombeiro salva bebê de 20 dias que engasgou após ser amamentado

Bombeiro salva bebê de 20 dias que engasgou após ser amamentado

Avó pediu ajuda para socorrer o recém-nascido que não estava respirando por estar com resquícios de leite nas vias aéreas

Bombeiro conseguiu desobstruir as vias aéreas da criança que tinha engasgado com leite

Bombeiro conseguiu desobstruir as vias aéreas da criança que tinha engasgado com leite

Reprodução

Um bombeiro militar salvou um bebê com 20 dias de um engasgamento no sábado (3), em Goiás. O caso aconteceu por volta das 12h45, enquanto o profissional estava de folga em casa.

Leia mais: SP: polícia encerra festa clandestina em tabacaria com música ao vivo

O 3° Sargento Dioclênio Camilo, de 38 anos, conta que estava em casa quando a avó pediu sua ajuda para socorrer o bebê que tinha se engasgado após ser amamentado.

O bombeiro identificou que a criança não estava conseguindo respirar e iniciou o procedimento de desobstrução das vias aéreas conhecido como manobra Heimlich.

O sargento afirma que também precisou utilizar um cotonete para retirar resquícios de leite do nariz do bebê, que ainda estavam impedindo-o de respirar.

"Se não tivesse desobstruído as vias aéreas, a criança viria a óbito, porque ela já não estava respirando", diz Dioclênio Camilo.

O procedimento foi bem-sucedido e, após cerca de três minutos, o bebê já estava respirando normalmente para alívio de sua avó.

Últimas