Cidades Botafogo-PB e Treze fecham fase do Brasileirão; veja situação dos times

Botafogo-PB e Treze fecham fase do Brasileirão; veja situação dos times

Isto é o que os desportistas paraibanos não queriam: Botafogo e Treze

Portal Correio

Isto é o que os desportistas paraibanos não queriam: Botafogo e Treze disputando a permanência na Série C do Campeonato Brasileiro, no último jogo da primeira fase da competição nacional. Belo e Galo entram em campo, neste sábado (5), às 17h, no estádio Almeidão, em João Pessoa. O Botafogo precisa empatar. O Treze terá que vencer.

A verdade é que esta “briga” para continuar na terceira divisão do futebol brasileiro e evitar a queda para a Série D do próximo ano aumenta ainda mais a rivalidade do Clássico Tradição. A disputa por títulos estaduais e posições em competições regionais e nacionais entre Botafogo e Treze vem desde os anos 1940.

Mostrar números, recordar estatísticas, se apegar aos últimos resultados, jogar como mandante, precisar do empate. Nada disso vai servir quando a bola rolar. Essas são avaliações de jogadores e treinadores dos dois times. O grau de dificuldade é do mesmo tamanho para os dois times, garantem.

Na atual temporada, Botafogo e Treze se enfrentaram três vezes. Foram duas partidas pelo Campeonato Paraibano, com uma vitória para cada time. O Belo ganhou de 2 a 0, no primeiro turno, no estádio Almeidão, em João Pessoa. O Galo devolveu o placar, no jogo de volta, no estádio Amigão, em Campina Grande.

A última partida entre os dois alvinegros teve validade pela Série C do Campeonato Brasileiro. O Treze ganhou por 2 a 0, na condição de mandante, no estádio Amigão. Agora, a decisão será no estádio no estádio Almeidão, em jogo de volta da competição brasileira.

Ficha técnica

Local: Almeidão, em Joao Pessoa-PB Horário: 17h Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC) Árbitro Assistente 1: Alex dos Santos (SC) Árbitro Assistente 2: Éder Alexandre (SC) Quarto Árbitro: Tiago Ramos de Oliveira (PB) Analista: Miguel Félix de Oliveira (PB) Botafogo-PB: Felipe, Marcos Martins, Rodrigo, Donato e Mário Sérgio; Vitinho, Everton Heleno, Juninho e Marcos Aurélio; Diego Rosa e Ramon. Treze: Jefferson, Polegar, Ítalo, Nilson Júnior e Gilmar; França, Vinícius Barba e Douglas Paker; Cláudio Murici, Neto Baiano e Felipe Alves.

Campanha do Botafogo

Ferroviário-CE 2 x 0 Botafogo-PB Botafogo-PB 0 x 0 Manaus-AM Botafogo-PB 1 x 2 Santa Cruz-PE Jacuipense-BA 1 x 1 Botafogo-PB Imperatriz-MA 1 x 2 Botafogo-PB Botafogo-PB 0 x 0 Vila Nova-GO Remo-PA 0 x 0 Botafogo-PB Botafogo-PB 1 x 1 Paysandu-PA Treze 2 x 0 Botafogo-PB Botafogo-PB 2 x 1 Ferroviário-CE Manaus-AM 3 x 2 Botafogo-PB Santa Cruz-PE 1 x 0 Botafogo-PB Botafogo-PB 1 x 1 Jacuipense-BA Botafogo-PB 7 x 0 Imperatriz-MA Vila Nova-GO 0 x 1 Botafogo-PB Botafogo-PB 0 x 0 Remo-PA Paysandu-PA 1 x 0 Botafogo-PB Botafogo-PB x Treze-PB Campanha do Treze Santa Cruz-PE 3 x 2 Treze Paysandu-PA 1 x 0 Treze Treze 0 x 3 Ferroviário-CE Treze 2 x 2 Remo-PA Treze 0 x 0 Jacuipense-BA Vila Nova GO-0 x 0 Treze Treze 2 x 0 Botafogo-PB Treze 4 x 1 Imperatriz-MA Imperatriz-MA 1 x 2 Treze Treze 0 x 1 Santa Cruz-PE Treze 0 x 1 Paysandu-PA Ferroviário-CE 0 x 1 Treze Remo-PA 1 x 0 Treze Treze 1 x 1 Manaus-AM Jacuipense-BA 3 x 2 Treze Treze 1 x 1 Vila Nova-GO Botafogo-PB x Treze [neste sábado (5)]

O que os dois times precisam

O Botafogo tem melhor campanha que o adversário. Por isso necessita de apenas um ponto. O Belo soma 19 pontos e, se empatar, se livra do rebaixamento. Já o Treze terá que ganhar, pois soma 18 pontos. Com isso, o Galo da Borborema precisa somar três pontos e, assim, afastar o fantasma da Série D do próximo ano.

Piza descarta tabu

Nos oito jogos disputados pela Série C, na condição de mandante, o time botafoguense perdeu apenas para o Santa Cruz-PE, por 2 a 1. Além disso, ostenta um tabu de não perder para equipes paraibanas nos últimos três anos. A última derrota foi para o próprio Treze, por 1 a 0, pelo Certame Estadual de 2017.

“Agora não podemos nos apegar a tabu. É um jogo diferente dos outros. Os times estão modicados. Vi o Treze jogando contra Jacupiense-BA e Vila Nova-GO, e jogou bem. O Botafogo precisa continuar jogando com a mesma determinação, sempre buscando a vitória. Quem me conhece sabe que jogo assim”, disse Piza.

Márcio Fernandes preparou o time mentalmente

Ressalta o treinador do Treze Márcio Fernandes que quando se trata de uma partida decisiva, o mais importante é a concentração dos jogadores. Por isso, ele trabalhou o lado psicológico dos jogadores. A proposta é entrar focado na partida para superar o Botafogo.

“Neste momento, não adianta mais pensar a parte física, tática. Os jogadores precisam estar bem mentalmente. Jogando com confiança para poder realizar o que treinamos no dia a dia. O Treze sempre joga ofensivamente. Os números mostram que o Treze é o time que mais ataca na Série C”, afirma Márcio Fernandes.

Por: Franco Ferreira

Últimas