Cidades Botafogo-PB vence o UDA-AL pelo Brasileiro Feminino

Botafogo-PB vence o UDA-AL pelo Brasileiro Feminino

Com um gol de Wiliane nos últimos minutos da partida, o time de futebol feminino do Botafogo da Paraíba venceu o UDA-AL por 1 a 0. Com esse resultado, nesta sexta-feira (18), no estádio Almeidão, em João Pessoa, as Belas terminam a primeira fase na segunda colocação do Grupo C da Série A2 do Campeonato […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Divulgação

Com um gol de Wiliane nos últimos minutos da partida, o time de futebol feminino do Botafogo da Paraíba venceu o UDA-AL por 1 a 0. Com esse resultado, nesta sexta-feira (18), no estádio Almeidão, em João Pessoa, as Belas terminam a primeira fase na segunda colocação do Grupo C da Série A2 do Campeonato Brasileiro.

Os dois times fizeram boa apresentação. O time visitante esteve melhor no primeiro tempo, exigindo bastante do sistema defensivo botafoguense. O UDA ganhou o duelo no meio-campo e poderia ter saído de campo com vantagem. Mas o placar de 0 a 0 não mudou nos primeiros 45 minutos.

Porém, no segundo tempo, o Botafogo comandou completamente a partida, forçando o time da UDA a jogar na defesa. Mesmo assim, as duas equipes criaram chances na linha de frente, mas as donas da casa foram mais objetivas no chutes para a meta.

No entanto, o gol só saiu aos 35 minutos da etapa final. A bola foi cruzada na área, pelo lado esquerdo. A defesa do time alagoano não fez o corte e A atacante Wiliane bateu de primeira, com o pé direito, fazendo 1 a 0 para o Botafogo.

O time botafoguense soma 12 pontos, com quatro vitórias, em cinco jogos. O Grupo C tem o Ceará com 15 pontos. O Botafogo terminou a fase com 12. O UDA soma sete pontos, com quatro gols de saldo. O América de Natal também está com sete pontos, mas com um gol negativo de saldo. O Náutico-PE soma três pontos e o Santos Dumont-AL não pontuou.

A vitória do Botafogo sobre a UDA por 1 a 0 teve o comando da arbitragem com Ruthyanna Camila Medeiros. Os assistentes foram Paulo Ricardo Alves e Gleydson Francisco. O quarto árbitro foi José Ferreira Neto. Como analista de campo, foi escalada Adriana Basílio. Todos são componentes da arbitragem da Paraíba.

Últimas