Cidades Cabedelo imuniza profissionais do ensino infantil e pessoas em situação de rua

Cabedelo imuniza profissionais do ensino infantil e pessoas em situação de rua

A cidade de Cabedelo amplia, a partir desta sexta-feira (21), o grupo prioritário apto a receber a vacinação contra a Covid-19. Poderão ser vacinados os trabalhadores da educação infantil (a partir dos 18 anos) que atuam no município (creches e escolas, públicas e privadas); e pessoas em situação de rua (entre 18 e 59 anos) […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Imagem ilustrativa/Rovena Rosa/Agência Brasil

A cidade de Cabedelo amplia, a partir desta sexta-feira (21), o grupo prioritário apto a receber a vacinação contra a Covid-19. Poderão ser vacinados os trabalhadores da educação infantil (a partir dos 18 anos) que atuam no município (creches e escolas, públicas e privadas); e pessoas em situação de rua (entre 18 e 59 anos) que estejam cadastradas no Centro Pop e na Casa de Passagem municipal.

Para os profissionais da educação é exigida a apresentação de documentos pessoais e contracheque. Para aqueles da rede privada, é necessário, ainda, uma declaração atual contendo função e especificando ser da educação infantil.

A imunização das pessoas em situação de rua acontecerá no Centro Pop e na Casa de Passagem. Já para os demais grupos, as doses seguem sendo aplicadas no Cabedelo Club, das 8h às 14h.

Nessa quinta-feira (20), Cabedelo retomou a aplicação da 2ª dose da Coronavac para quem já tomou a 1ª e conta os 28 dias de aplicação. Para tanto, é necessário apresentar, além de um documento pessoal, a carteira de vacinação.

Campanha

Atualmente, a cidade segue imunizando com a 1ª dose da Astrazeneca ou Pfizer os seguintes grupos:

Pessoas a partir dos 18 anos com deficiência permanente; pessoas com 18 anos ou mais que possuam alguma das comorbidades que agravem a doença; gestantes e puérperas com comorbidades; pessoas a partir dos 60 anos; pessoas com síndrome de Down, profissionais da saúde e estudantes estagiários da saúde.

Documentação

Para ter acesso à imunização, é necessário levar Identidade com Foto, CPF e Cartão do SUS. Para os portadores de comorbidades, ainda é preciso levar original e cópia de laudo médico e receita atualizados que comprovem a doença; e, para os deficientes físicos, comprovação de inscrição do BPC.

Para os profissionais da saúde, além dos documentos de identidade, é necessário apresentar a carteira do conselho e comprovação de que atua em algum serviço de saúde.

Últimas