Cidades Campina Grande libera acesso coletivo de piscinas

Campina Grande libera acesso coletivo de piscinas

A Prefeitura de Campina Grande autorizou o uso coletivo de piscinas no

Portal Correio

A Prefeitura de Campina Grande autorizou o uso coletivo de piscinas no município. A Gerência de Vigilância Sanitária (Gevisa) informou neste sábado (19) que elaborou um “amplo protocolo de uso destes espaços para favorecer a reativação com segurança” das piscinas em condomínios e clubes”.

Para tomar a decisão, a Gevisa disse que fez um levantamento de estudos nacionais e internacionais que verificaram que o “uso compartilhado de reservatórios como piscinas não favorece, por si só, a transmissão da Covid-19 e que é possível usufruir desses espaços com segurança”.

“O tratamento correto da água é suficiente para inativar o vírus. O que favorece a transmissão é o contato com outras pessoas que possam estar infectadas, então é necessário seguir as regras de distanciamento também dentro da piscina e o uso de máscaras na parte externa”, explicou a gerente da Gevisa, Betânia Araújo.

Regras

Os espaços que irão reabrir os reservatórios devem passar por um processo de desinfecção prévia, disponibilizar pias com água corrente e sabão, bem como álcool a 70%, higienizar locais como maçanetas e corrimão a cada duas horas, promover ventilação do lugar e evitar o uso de aparelhos de ar-condicionado e reduzir o fluxo à capacidade de 50%, entre outras exigências. Os banhistas também não podem compartilhar objetos de uso pessoal.

Números

Dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) repassados até a noite dessa sexta-feira (19) apontam que Campina Grande tinha 12.746 casos de coronavírus, com 362 mortes.

Últimas