Cidades Campinense volta a treinar no Plínio Lemos após mais de 20 anos

Campinense volta a treinar no Plínio Lemos após mais de 20 anos

Na década de 1960, nos primeiros anos com o time profissional de futebol, o Campinense treinava e fazia seus jogos oficiais no estádio Plínio Lemos, no bairro do José Pinheiro, na Zona Leste de Campina Grande. Mas depois da construção do estádio Amigão, o clube rubro-negro passou a sediar as partidas na nova praça de […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Plínio Lemos (Foto: Divulgação)

Na década de 1960, nos primeiros anos com o time profissional de futebol, o Campinense treinava e fazia seus jogos oficiais no estádio Plínio Lemos, no bairro do José Pinheiro, na Zona Leste de Campina Grande. Mas depois da construção do estádio Amigão, o clube rubro-negro passou a sediar as partidas na nova praça de esportes .

Mas o elenco do Campinense ocupou o PL até o fim da década de 1980, onde fazia os treinamentos. Depois, a diretoria rubro-negra fez uma permuta abrindo mão do espaço no José Pinheiro. Em troca, o clube recebeu uma área, no bairro de Bela Vista, onde hoje está instalado o Renatão.

Nesta sexta-feira (16), às 9h, acontece a reinauguração do Campo do Plínio Lemos, no bairro do José Pinheiro. O espaço passou por uma grande reforma e ganhou um novo gramado, além de bancos de reservas e iluminação. O Campinense fará um treino, voltando ao local após mais de 20 anos.

Segundo informações da diretoria do Campinense, em virtude da pandemia do coronavírus e dos protocolos de segurança, o local estará fechado ao público em geral. Apenas os jogadores, dirigentes da Raposa, pessoal da imprensa, autoridades e auxiliares da Prefeitura de Campina Grande terão acesso à praça esportiva.

Time pode utilizar o terceiro goleiro

Com uma semana complicada para o departamento médico do Campinense, depois do goleiro Mauro Iguatu apresentar contusão, o reserva Danilo também se machucou. Com isso, o treinador Ranielle Ribeiro pode ter que escalar o terceiro goleiro do elenco, o jovem Caio Ruan.

O goleiro Camilo machucou o punho no treino durante os últimos treinos, no estádio Renatão. O atleta foi submetido a um exame de imagem que não constatou fratura. Ele continua sendo medicado, com o punho imobilizado. Danilo foi reavaliado nesta quinta-feira (15) e deverá mesmo ficar fora do próximo jogo, sábado, contra o ABC-RN, pela Série D.

Últimas