Boate Kiss

Cidades Caso Kiss: réus condenados se entregam após decisão de Fux

Caso Kiss: réus condenados se entregam após decisão de Fux

Ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) derrubou habeas corpus que havia impedido prisão. Dois réus já se entregaram

  • Cidades | Do R7

Bonilha, Spohr, Hoffmann e Santos

Bonilha, Spohr, Hoffmann e Santos

Reprodução TJ-RS

Dois dos quatro réus condenados no julgamento do caso da boate Kiss já se entregaram nesta terça-feira (14) após o ministro Luiz Fux, do STF (Supremo Tribunal Federal), derrubar a decisão que concedia habeas corpus e impediu a prisão ao final do julgamento, na última sexta-feira (10).

O vocalista da banda Gurizada Fandangueira, Marcelo dos Santos, foi um dos que se entregaram. Segundo sua advogada, Tatiana Borsa, ele se apresentou no presídio de São Vicente do Sul, no interior do estado. "Nós continuaremos buscando a Justiça", afirmou a advogada. 

Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do estado, o réu Elissandro Spohr, que era um dos sócios da boate à época da tragédia que deixou 242 mortos em 2013, também já se apresentou em presído em Porto Alegre.

Em vídeo publicado nas redes sociais, o empresário afirmou que chegou ao julgamento "já condenado". 

O sócio dele na boate Kiss, Mauro Hoffmann, deve se apresentar em Tijucas (SC) na manhã desta quarta (14), conforme o advogado Mauro Cipriani. "A decisão será integralmente cumprida, conforme já informado ao juízo da 1ª Vara, inclusive com relação ao local de cumprimento".

A equipe de reportagem tentou contato com o outro réu condenado, o ex-produtor musical da banda Gurizada Fandangueira, Luciano Bonilha, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem. 

Últimas