Cidades Caso Tatiane Spitzner: julgamento começa na próxima semana

Caso Tatiane Spitzner: julgamento começa na próxima semana

Advogada foi morta asfixiada e depois jogada do quarto andar de um prédio de Guarapuava, no interior do Paraná, em julho de 2018

Tatiane Spitzner

Tatiane Spitzner

Reprodução/Arquivo pessoal

Está previsto para acontecer nos próximos dias 3 e 4 de dezembro o julgamento do caso da morte da advogada Tatiane Spitzner, jogada do quarto andar de um prédio na cidade de em Guarapuava, no interior do Paraná, em julho de 2018.

O IML (Instituto Médico Legal) constatou que a advogada foi morta por asfixia. O laudo elaborado pelos médicos legistas dizia que "o meio utilizado foi a esganadura, emprego das mãos em constrição da região cervical". Antes do laudo, a hipótese era que Tatiane teria morrido após ter sido jogada do prédio.

Relembre

O caso aconteceu na madrugada do dia 22 de julho de 2018 e ganhou ampla repercussão nacional e internacional por envolver feminicídio e cenas chocantes.

Imagens de câmeras de segurança mostram Luis Manvailer agredindo a esposa dele, a advogada Tatiane Spitzner, encontrada morta em casa, em Guarapuava, após cair do quarto andar do prédio onde o casal morava.

De acordo com o inquérito, Manvalier vinha demonstrando agressividade em relação a sua mulher. Após a morte dela, ele ainda tentou fugir, mas acabou preso após bater o carro em uma rodovia no interior do Paraná.

Entrevista com marido

Cabrini entrevista Manvailer

Cabrini entrevista Manvailer

Divulgação/Record TV

No próximo domingo (29), o quadro A Grande Reportagem, do Domingo Espetacular, que marca a estreia do jornalista Roberto Cabrini, vai apresentar uma entrevista com Manvailer, que faz revelações inéditas sobre o caso que se transformou em uma das acusações de feminicídio mais comentadas do país.

Na Penitenciária Industrial de Guarapuava, prisão em que aguarda o julgamento, ele conta pela primeira vez a sua versão sobre o que ocorreu naquele dia.

A família da mulher, no entanto, acredita que ele assassinou Tatiane, uma tese corroborada pelas imagens das câmeras de segurança do condomínio em que ambos residiam, que mostram Manvailer agredindo a esposa no elevador.

São cenas que chocaram o Brasil e que correram o mundo. O pai da advogada, Jorge Spitzner, também conversa com Cabrini sobre sua luta por justiça.

A reportagem apresenta ainda detalhes nunca antes revelados sobre o caso. O Domingo Espetacular, apresentado por Carolina Ferraz e Eduardo Ribeiro, vai ao ar às 19h45.

Últimas