Ceará: explosão destrói fábrica de refrigerantes e deixa um ferido 

Os bombeiros acreditam que um cilindro de gás pegou fogo e deu origem ao incêndio que causou pânico no bairro Montese, em Fortaleza

Corpo de Bombeiros acredita em explosão de gás

Corpo de Bombeiros acredita em explosão de gás

Corpo de Bombeiros do Ceará / Divulgação

Uma forte explosão em uma fábrica de refrigerantes destruiu o prédio, atingiu carros e imóveis vizinhos e causou pânico em moradores do bairro Montese, na madrugada desta sexta-feira (17) em Fortaleza, no Ceará. Ao menos uma pessoa ficou ferida.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a hipótese inicial é de que o cilindro de gás de uma caldeira tenha explodido, desencadeando a explosão de transformadores que abasteciam a fábrica com energia.

A explosão aconteceu por volta das 2h30, quando havia poucos funcionários na fábrica.

Moradores do bairro foram despertados com o estrondo e se assustaram. Escombros do prédio foram lançados à distância e atingiram casas e imóveis vizinhos.

Ao menos dois carros e um caminhão baú ficaram danificados. A área foi isolada pelos bombeiros, com apoio da Defesa Civil.

Ambulâncias foram deslocadas para o local da explosão, mas a informação inicial era de que apenas um funcionário da empresa tinha sido ferido na cabeça.

Ele foi levado para o Instituto Dr. José Frota, mas o estado de saúde não foi informado.

Moradores vizinhos ao local relataram terem sentido cheiro de gás após a explosão. Equipes especializadas da Polícia Civil realizavam no início da manhã desta sexta a perícia na fábrica.

O jornal O Estado de S. Paulo entrou em contato com a Mais Sabor Refrigerantes, mas ainda não teve retorno.