Cidades Cidade de SP tem 2ª temperatura mais fria para agosto em 60 anos

Cidade de SP tem 2ª temperatura mais fria para agosto em 60 anos

Temperatura média observada foi de 9,3°C, por volta das 15h, na estação do Mirante de Santana, onde são feitas as medições oficiais da capital

Agência Estado
Pessoas se protegem da chuva e frio intenso na tarde desta sexta-feira (21), em SP

Pessoas se protegem da chuva e frio intenso na tarde desta sexta-feira (21), em SP

ESTADÃO CONTEÚDO

A cidade de São Paulo teve, nesta sexta-feira (21), a segunda tarde mais fria registrada nos últimos 60 anos em um mês de agosto, segundo dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Na estação do Mirante de Santana, onde são feitas as medições oficiais da cidade, a temperatura média observada foi de 9,3°C, por volta das 15h.

Leia também: Prefeitura acolhe 159 moradores de rua em madrugada de frio em SP

Com a entrada de uma grande e forte massa de ar frio, as temperaturas foram derrubadas na capital paulista. A temperatura máxima de sexta-feira foi registrada no período da manhã, com 12 6°C, e foi a menor já registrada este ano na cidade. O recorde anterior tinha ocorrido no dia 15 de julho, com 15,9°C.

Segundo informações do Climatempo, a noite de sexta-feira deve ser a mais fria do ano em São Paulo. A mínima prevista na capital é de apenas 8°C. Com as fortes rajadas de vento, a sensação térmica pode cair mais e chegar em torno dos 5ºC.

Leia também: Estado de São Paulo deixa fase vermelha em plano de flexibilização

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), desde 1945 a menor temperatura registrada em São Paulo, na estação do Mirante de Santana, foi de -2,1 °C em 2 de agosto de 1955.

Frio em diversos Estados brasileiros

Ainda de acordo com o Climatempo, a queda da temperatura será sentida, principalmente, entre quarta-feira e o fim de semana em boa parte do País. "Temperaturas abaixo de 0°C devem ocorrer nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, sul de Minas Gerais e nas áreas de grande altitude do sul do Rio de Janeiro." O frio será mais intenso na maioria das áreas do sudeste e do centro-oeste, além do sul e sudoeste da região norte do Brasil.

"O vento frio desta enorme massa polar deve ser suavizar o calor até no extremo sul do Pará e do Tocantins", afirma a Climatempo.

Em Cuiabá, no Mato Grosso, o termômetro poderá passar de 40ºC até quarta-feira, com queda drástica de temperatura até o fim de semana, quando a cidade vai registrar 10ºC.

fonte: Estadão Conteudo

Últimas