Novo Coronavírus

Cidades Cidade de SP ultrapassa 4,5 milhões de doses contra covid aplicadas

Cidade de SP ultrapassa 4,5 milhões de doses contra covid aplicadas

Primeira dose do imunizante foi aplicada em 3.036.475 pessoas. A segunda alcançou 1.484.506, de acordo com dados da VaciVidas 

  • Cidades | Do R7

Cidade de SP tem mais de 4,5 mil doses da vacina contra a covid 
aplicadas, somando a primeira e segunda dose

Cidade de SP tem mais de 4,5 mil doses da vacina contra a covid aplicadas, somando a primeira e segunda dose

Portal Correio

A campanha de vacinação contra a covid-19 na cidade de São Paulo ultrapassou a marca de 4,5 milhões de doses aplicadas, na última segunda-feira (24), somando primeira e segunda dose.

Os dados atualizados na plataforma VaciVida apontam que 4.520.981 doses do imunizante foram aplicadas na capital, sendo 3.036.475 pessoas vacinadas com a primeira dose e outras 1.484.506 com as duas aplicações.

No momento, a rede de postos para a campanha da vacina contra a covid-19 opera com as 468 UBSs (Unidades Básicas de Saúde), mais de 80 AMA/UBS Integradas, oito mega postos com acesso a pedestres, mais de 100 postos volantes, três Centros de Saúde e 17 unidades do SAE (Serviço de Atenção Especializada).

Os postos mega drive-thru e as farmácias parceiras estão com a operação temporariamente suspensa. O atendimento nesses locais será retomado assim que um novo grupo prioritário for divulgado.

Atualmente, São Paulo iniciou a campanha de vacinação em pessoas de 45 a 49 anos com comorbidades, no entanto, outros grupos também podem receber a vacina. Vale ressaltar que a primeira e segunda dose podem ser aplicadas, mas respeitando o intervalo preconizado pelo laboratório correspondente (28 dias para a CoronaVac e 12 semanas para as vacinas da Oxford /AstraZeneca e da Pfizer).

Confira os grupos que podem ser vacinados

- Pessoas com 45 anos e mais com comorbidade e com deficiência permanente
- Trabalhadores de transporte coletivo (motoristas e cobradores)
- Profissionais de saúde com 30 anos e mais
- Gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) com comorbidades (acima de 18 anos)
- Profissionais de saúde com 42 anos e mais
- Pessoas com comorbidades com 50 anos e mais
- Pessoas com deficiência permanente beneficiários do BPC com 50 anos e mais
- Profissionais de saúde com mais de 18 anos que sejam gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) e lactantes (até 2 anos)
- Metroviários e ferroviários (área de segurança, manutenção, limpeza e agentes de estação na linha de frente com 47 anos ou mais, além de operadores de trem de todas as idades)
- Pessoas com Síndrome de Down (18 a 59 anos)
- Pacientes em Terapia Renal Substitutiva (18 a 59 anos)
- Pessoas transplantadas imunossuprimidas (18 a 59 anos)
- Idosos com 60 anos ou mais
- Profissionais de saúde com 47 anos ou mais
- Profissionais da Educação com 47 anos ou mais
- Pessoas em situação de rua cadastradas nos Centros de Acolhida
- Trabalhadores de cemitérios públicos e privados do município de São Paulo
- Trabalhadores no atendimento direto a vulneráveis da SMADS
- Trabalhadores no atendimento direto a vulneráveis da SMDHC
- Pessoas em situação de rua (com mais de 60 anos)
- População indígena vivendo em terras indígenas
- Quilombolas
- Pessoas com 18 anos ou mais com deficiência, residentes em Residências Inclusivas (institucionalizadas)
- Pessoas com 60 anos ou mais residentes em instituições de longa permanência (institucionalizadas)

Últimas