Cidades Com 36,6°C nesta terça (6), BH tem recorde de temperatura em 2020 

Com 36,6°C nesta terça (6), BH tem recorde de temperatura em 2020 

Marca anterior, de  36,5°C, foi registrada no dia 28 de setembro. Capital mineira é uma das cidades atingidas por onda de calor histórica

  • Cidades | Do R7, com Tempo Agora

Christyam de Lima/Futura Press/Folhapress - 09.09.2020

A cidade de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, registrou nesta terça-feira (6) 36,6°C na estação oficial do Inmet (Instituto Nacional de Metorologia), a maior temperatura de 2020. O recorde anterior havia sido registrado no dia 28 de setembro, na mesma estação, com 36,5°C.

Leia mais: Calor pode ter recorde histórico no país com alerta para risco de morte

Nos próximos dias, há possibilidade da cidade registrar novos recordes históricos de temperatura. As máximas devem se manter acima dos 35°C, com pico que pode chegar a até 38°C na próxima sexta-feira (8). 

Onda histórica de calor em todo o Brasil

O Brasil pode ter um novo recorde histórico de calor nesta semana. Segundo a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesta segunda-feira (6) as cidades de Água Clara, em Mato Grosso do Sul, e em Nova Maringá, em Mato Grosso, alcançaram a marca de 44,6°C. O recorde histórico é 44,7°C foi obtido em Bom Jesus do Piauí, em 21 de novembro de 2005.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de "grande perigo" em razão de uma onda de calor em grande parte da Região Centro-Oeste e no estado do Tocantins. De acordo com o Inmet, a onda de calor que vai até a sexta-feira (9), teve início pouco depois do meio-dia de ontem (5). O instituto disse que há risco de morte por hipertermia.

O instituto disse que que durante este período as temperaturas registrarão 5ºC acima da média na região. O aviso registra alerta para as seguintes áreas: Distrito Federal, centro sul, nordeste, norte,  sudeste e sudoeste mato-grossense, centro, leste, sul, norte e noroeste goiano, sudeste, sul e oeste tocantinense.

Em caso de emergência, o Inmet recomenda que a população contate a Defesa Civil (telefone 199). Também deve ser aumentada ingestão de líquidos, evitar a prática de atividades físicas ao ar livre entre as 10h e 17h e usar protetor solar.

Últimas