Cidades Como encontrar uma concessionária que compra carros usados

Como encontrar uma concessionária que compra carros usados

Assim como comprar um carro é um momento de estresse e ansiedade,

Portal Correio

Assim como comprar um carro é um momento de estresse e ansiedade, vender o seu carro também pode chegar a ser uma dor de cabeça pelo tempo que poderia passar até conseguir vendê-lo. Mais ainda se você não considerar uma concessionária que compra carros usados como opção para vender o seu.

Vender o seu carro usado por um bom preço requer uma avaliação, mas ao mesmo tempo, você deve saber onde avaliá-lo e conhecer todas as opções possíveis para fazer um negócio bem sucedido.

Em muitas ocasiões, as vendas se produzem entre familiares, amigos ou conhecidos. Nesses casos, a confiança prevalece e a venda acaba sendo mais fácil, porque o comprador com certeza já viajou nesse carro e o conhece. Mas justamente por ser uma pessoa do seu círculo de confiança, fica difícil vender o carro a um bom preço. Geralmente, o preço acaba sendo bom para o comprador…

Mas você conseguirá vender em um menor tempo, mais rápido, tendo menos despesas com anúncios, por exemplo.

Outras opções de venda são através de um anúncio no jornal, na internet ou em uma concessionária. Vale a pena você conhecer como funciona cada opção, para escolher definitivamente a sua.

Vender o seu carro através de um anúncio no jornal/classificados na internet

Em primeiro lugar, você deverá tirar boas fotos do seu carro para poder colocar no anúncio. Depois, deverá checar as mensagens recebidas, responder às perguntas, dúvidas, como também receber as ofertas de pessoas interessadas.

É um método um tanto inseguro, principalmente se o futuro comprador solicitar um test-drive: entregar a chave do seu carro para um desconhecido testar é uma decisão errada. A pessoa pode fugir com o carro! Ir junto também é perigoso nos dias de hoje, porque você poderia correr o risco de sofrer um assalto ou até um sequestro. Afinal, você não conhece a pessoa!

Um ponto positivo é o preço, que pode ser acordado com o comprador a partir do preço que você colocar no anúncio, que deve ser dentro da tabela de valores do mercado automotivo.

Vender para uma concessionária

A tranqüilidade de vender o seu carro para uma concessionária é que você estará negociando com uma loja que possui um local físico e CNPJ. A concessionária se encarrega da parte burocrática e essa segurança compensa a depreciação do seu carro.

É a concessionária que se encarrega de fotografar e anunciar o seu carro para a venda, você se despreocupa dessa parte. Por outro lado, também é a concessionária que faz o levantamento da documentação e da transferência. Por isso, o tempo para a venda é mais rápido e, consequentemente, você recebe o dinheiro mais rápido também.

O valor do carro é pago de imediato pela concessionária e você se despreocupa da venda, porque é a própria concessionária que se encarrega disso. Porém, também existe a possibilidade de você deixar o seu carro em consignação para a venda. Nesse caso, você só receberá o dinheiro quando o carro for vendido.

Mas cuidado se você não pretende atualizar o seu carro trocando por um semi novo ou novo, porque existem concessionárias que pagam pela Tabela Fipe para você trocar por um carro 0 km da concessionária.

Dicas importantes antes de vender o seu carro Lembre que um carro sofre uma desvalorização logo na hora que sai da concessionária pela primeira vez. Se decidir fazer a venda particularmente, avalie se vale a pena colocar em risco a sua segurança, pois será obrigado a informar dados pessoais como o seu nome, telefone, e-mail e até finalmente o seu endereço. Lembre também que o momento ideal para vender o seu carro usado é quando ele tiver até, no máximo, 15 mil quilômetros rodados e menos de cinco anos de uso. Antes de colocar o seu carro para venda, faça uma vistoria para saber se está tudo em ordem ou se precisa fazer algum conserto ou troca. O carro deverá estar em boas condições gerais para conseguir vendê-lo rápido e por um preço justo.

Últimas