Cidades Complexo Arlinda Marques retoma cirurgias de escoliose

Complexo Arlinda Marques retoma cirurgias de escoliose

O Complexo de Pediatria Arlinda Marques voltou a realizar cirurgias de escoliose

Portal Correio

O Complexo de Pediatria Arlinda Marques voltou a realizar cirurgias de escoliose no mês de agosto. O serviço estava suspenso desde o mês de março, por causa da pandemia do novo coronavírus. A próxima cirurgia será nesta quarta-feira (2), em uma adolescente de 14 anos, residente em um sítio em Gramame.

O Complexo é uma das unidades da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e é o único do SUS que faz cirurgias ortopédicas eletivas em crianças e adolescentes da Paraíba.

Para as cirurgias de escoliose, os pacientes precisam ser encaminhados pela Regulação dos seus municípios para o Ambulatório do Arlinda, onde o médico ortopedista faz uma avaliação.

A escoliose é uma deformidade da coluna, mais frequente no sexo feminino. A cada quatro pessoas com o problema, três são mulheres e apenas um homem. A maioria dos casos é considerada leve e moderada. Nestas situações, são indicados a prática de fisioterapia e o colete. A cirurgia é feita em apenas 2 a 3% dos casos.

A escoliose ocorre mais frequentemente durante o pico de crescimento, pouco antes da puberdade. Algumas crianças desenvolvem deformidades na coluna vertebral que se tornam mais graves à medida que crescem. A escoliose grave pode ser dolorosa e incapacitante.

Últimas